Paulo César Carpegiani

Aproveitamento de Carpegiani, em um mês, é de 61%. (Divulgação/Coritiba)

Guilherme Moreira
06/09/2016
16:11
Curitiba (PR)

Anunciado no dia 5 de agosto, o técnico Paulo César Carpegiani completou um mês no Coritiba e pode comemorar esse período à frente do time paranaense. Nesse tempo, o Coxa ainda não perdeu pelo Campeonato Brasileiro e ainda se classificou na Copa Sul-Americana.

Disciplinador e atento nos treinamentos do dia a dia, o treinador assumiu o Coritiba após ficar quase três anos fora do mercado - o último clube foi a Ponte Preta, em 2013. Mesmo assim, ele afirmou continuar estudando e vem mostrando em resultados.

O comandante alviverde tem seis jogos até aqui pelo Verdão: três vitórias, dois empates e uma derrota. O revés aconteceu para o Vitória, na competição internacional, de virada, em Salvador. No jogo da volta, entretanto, triunfo por 1 a 0 e classificação para as oitavas de final.

- Ele é bem detalhista, corrige e acerta. Tivemos jogos em sequência e ele não teve muito tempo para trabalhar. Então ele ajustou mais na base da conversa. Até o momento tem dado certo, fizemos oito pontos nos últimos quatro jogos (no Brasileiro), mais a classificação concluída com sucesso. Estamos tentando pegar rapidamente o que ele está passando para executar bem - afirmou Luccas Claro.

O principal trunfo do trabalho é a força dentro do Couto Pereira. A equipe venceu os três duelos dentro de casa: 3 a 1 contra a Ponte Preta, 2 a 1 diante do então líder Santos e 1 a 0 frente ao Vitória - essa pela Sul-Americana. Fora de casa, ainda arrancou empates contra Cruzeiro (2 a 2) e São Paulo (0 a 0).

- Acho que é um período positivo, de evolução, de aprendizado e que conseguimos resultados importantes. Mas é preciso foco para continuar fazendo o trabalho e buscando os objetivos do clube e do time que é o alto rendimento e as vitórias. É preciso de sequência - ponderou o treinador.

O aproveitamento de Carpegiani neste primeiro mês é bem positivo: 61% contra 36% do antecessor Pachequinho, que foi efetivado somente até o final do primeiro turno, após saída de Gilson Kleina, atualmente no Goiás.

O próximo desafio do técnico é contra o Grêmio na quarta-feira, às 21h45, pela vigésima terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O Coritiba é o décimo sexto colocado, com 26 pontos, a dois da zona de rebaixamento.