Marcos Guilherme

Camisa 10 mudou o rumo do jogo em Juiz de Fora. (Divulgação/Atlético-PR)

Guilherme Moreira
23/03/2016
23:33
Curitiba (PR)

O questionamento ainda é forte por parte da torcida, mas o jovem Marcos Guilherme novamente fez o único gol atleticano na partida. Dessa vez foi diante do Flamengo, pela semifinal da Primeira Liga, no triunfo por 1 a 0 desta quarta-feira, em Juiz de Fora, que garantiu a vaga na final da competição.

Na quarta-feira passada, o camisa 10 foi o autor do gol no empate por 1 a 1 diante do Brasil-RS, pela partida de ida da primeira fase da Copa do Brasil. Já nesta noite, o meio-campista chamou a responsabilidade em um duelo complicado.

O Furacão, que sofreu uma emboscada na terça-feira por parte da sua principal torcida organizada, era totalmente dominado pelo adversário desde o minuto inicial do jogo. Após um primeiro tempo levando sufoco, o Atlético-PR se achou em campo somente depois de abrir o placar. 

Com 16 minutos do segundo tempo, Nikão era cercado por jogadores do Flamengo. Marcos Guilherme saiu de trás do atletas, puxou para o lado e "roubou" a bola tocada para outro companheiro. O meia ainda girou e chutou forte de fora da área, no ângulo esquerdo de Paulo Victor, marcando um golaço.

- Estou muito feliz. A equipe está de parabéns, pois tivemos um poder de reação. O clima fora estava ruim, mas nos fechamos e garantimos a vaga na final - afirmou Marcos Guilherme, que marcou seu segundo gol na temporada.

A vantagem no placar fez o time rubro-negro se soltar e criar, pelo menos, mais três chances claras de gol. Em uma delas, o camisa 10 puxou o contra-ataque, driblou dois zagueiros e tocou para Pablo, livre, chutar em cima do arqueiro flamenguista. Depois, novamente o meio-campista deixou o atacante na cara do gol, mas o chute foi nas mãos do goleiro. Não fez falta.

O triunfo ameniza as cobranças por parte dos torcedores, que cobraram muito o elenco depois da derrota no clássico Atletiba, domingo, na Arena da Baixada. A vitória ainda coloca o Furacão na final da Primeira Liga contra o Fluminense, dia 7 de abril.