Juninho

Juninho atuou na primeira rodada da Série A, contra o Cruzeiro, no último sábado. (Divulgação/Coritiba)

Guilherme Moreira
16/05/2016
17:08
Curitiba (PR)

Apesar do diretor de futebol, Valdir Barbosa, afirmar que a negociação está parada, o Flamengo continua suas investidas pelo zagueiro Juninho, 21 anos, do Coritiba. A possível saída, inclusive, foi comentada pelo técnico Gilson Kleina.

No final de semana, o clube carioca voltou a procurar o Coxa para tentar chegar a um desfecho. Com multa rescisória de R$ 10 milhões, o Mengo está disposto a pagá-la pelo jogador caso não consiga entrar em acordo com a diretoria alviverde.

O Verdão, em informações apuradas pelo LANCE!, comprou mais 35% dos direitos econômicos do defensor recentemente para ter um lucro maior. O percentual era ligado ao Junior Team, time do interior do Estado e formador do atleta. 

A cúpula coxa-branca, por outro lado, já aceita a venda de 50% por R$ 7 milhões - R$ 2 milhões a mais que o oferecido pelo Fla inicialmente, segundo informa o Blog da Nadja. E ainda quer o volante Canteros e o meia-atacante Gabriel envolvidos na negociação - o time do Rio ofereceu o meio-campista estrangeiro e o marcador Jonas.

Durante a semana, as partes novamente vão se reunir para um provável fim da negociação. Após a vitória do Coritiba por 1 a 0 contra o Cruzeiro, pela primeira rodada da Série A, no Estádio Couto Pereira, o treinador alviverde comentou a situação.

- O que conversei com o Juninho é que mantenha o foco e continue jogando, porque é o Coritiba que está mostrando ele para os grandes centros. O maior empresário que ele tem são as pernas dele. Se ele mudar o foco, as coisas podem dificultar e futebol não tem muita memória. Entendo o esforço da diretoria, mas existem multas, empresários e donos de porcentual conversando e que foge um pouco (do controle). Mas se o Juninho não ficar, vamos treinar outro garoto e seguir - afirmou Kleina.

Juninho tem contrato com o Coritiba até 2018. Titular, o zagueiro atuou em 19 jogos do Coxa em 2016 - todos como titular.