Atacante Ederson marcou pela primeira vez no ano e decidiu a vitória atleticana

Atacante Ederson marcou pela primeira vez no ano e decidiu a vitória atleticana (Foto: Miguel Locatelli/ Site oficial)

LANCE!
04/02/2018
19:25
Curitiba (PR)

Em um jogo truncado, o Atlético-PR levou a melhor e bateu o Coritiba, por 1 a 0, na tarde deste domingo, no Couto Pereira, e manteve a invencibilidade no Campeonato Paranaense.  O gol da vitória foi marcado pelo atacante Ederson. De quebra, o Furacão se aproximou da classificação para a semifinal da competição.

O Atlético-PR começou superior na partida, criando as melhores oportunidades. A mais perigosa ocorreu aos oito minutos, quando Ederson chutou firme da entrada da área e exigiu grande defesa do goleiro Wilson.

Aos poucos o Coritiba entrou no jogo e encaixou a marcação, evitando as chegadas do Atlético-PR. Assim, a equipe foi crescendo na partida e teve uma boa chance de abrir o placar com o atacante Guilherme Parede, aos 23 minutos, quando ele acertou a rede pelo lado de fora.
 
Já na etapa final o Coxa voltou melhor e começou pressionado o Atlético-PR. O Guilherme Parede teve duas boas chances: a primeira ele chutou pela linha de fundo e a segundo obrigou o goleiro Santos a fazer uma boa defesa.

Mas a resposta do Atlético-PR foi fatal. Aos nove minutos, após cobrança de falta, o atacante Ederson apareceu no segundo pau e mandou a bola para o fundo da rede. 1 a 0 Furacão.

A partir daí, o sistema de criação do Coritiba simplesmente não funcionou mais. A zaga atleticana passou a levar a melhor em todas e ainda conseguiu puxar contra-ataques, mas as finalizações de Ederson foram para fora.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 0X1 ATLÉTICO


Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).
Data: Domingo, 04 de fevereiro de 2018.
Horário: 17h.
Árbitro: Lucas Paulo Torezin (PR).
Assistentes: André Luiz Severo (PR) e Wesley Waldir Marmitt (PR).
Gol: Ederson, aos 9`2ºT (0-1).
Cartão amarelo: Bruno Guimarães (CAP).
Público e renda: 13.184 pagantes | 16.550 total | R$ 398.695,00

Coritiba: Wilson; César Benítez, Romércio, Thalisson Kelven e William Matheus; Vitor Carvalho (Thiago Lopes), Júlio Rusch e Ruy (Kady); Iago Dias (Yan Sasse), Guilherme Parede e Alecsandro.
Técnico: Sandro Forner.

Atlético: Santos; Cascardo, Emerson, Zé Ivaldo e Renan Lodi; Deivid, Bruno Guimarães e João Pedro; Giovanny (Demethryus), Yago (Felipe Dorta) e Ederson (Léo Pereira).
Técnico: Tiago Nunes.