Presidente do Conselho Administrativo do Atlético-PR, Sallim Emed, faz a festa com o primeiro título no comando do clube

Presidente do Conselho Administrativo do Atlético-PR, Sallim Emed, faz a festa com o primeiro título no comando do clube (Foto: Rádio Banda B)

Daniel Piva
08/05/2016
19:06
Curitiba (PR)

Com o título do Campeonato Paranaense, os dirigentes do Atlético-PR não seguraram a euforia. Com o fim do jejum que o clube vivia, eles acreditam que a partir de agora terão mais tranquilidade para realizarem o trabalho e projetam novas conquistas na sequência.

O presidente do Conselho Administrativo, Luiz Sallim Emed, aproveitou a conquista para desabafar contra as cobranças que vinha recebendo. Antes de chegar à final, o clube perdeu a decisão da Primeira Liga para o Fluminense e sofreu no mata-mata diante do Paraná.

- Tenho alguns amigos que viviam incomodando e criticando. Agora posso extravasar: por que não te calas? - disparou o dirigente, que usava uma camisa com esses dizeres. 

Sobre o futuro, Sallim Emed acredita que o clube terá mais tranquilidade para trabalhar a partir de agora e aposta que isso pode gerar novos frutos importantes para o Atlético-PR.

- Um título gera mais paciência do torcedor. Isso gera mais tranquilidade para a gente iniciar o Campeonato Brasileiro. Mas nós não estamos satisfeitos apenas com esse título. Vamos buscar mais - prometeu o presidente.

Já o presidente do Conselho Deliberativo do Atlético-PR, Mário Celso Petraglia, aproveitou a conquista para enaltecer o projeto realizado e também prometeu novas taças para a torcida. O Furacão não era campeão desde 2009.

- O título é sempre o nosso objetivo. É a alma desse clube, o que sempre buscamos. Tudo o que faremos é para conquistar o título. A infraestrutura é usada para facilitar esse caminho, por isso que temos um grande CT, um grande estádio com teto retrátil e agora grama sintética - garantiu Petraglia.