Estátua do ex-jogador, apontado como o maior da história do Coritiba

Estátua do ex-jogador, apontado como o maior da história do Coritiba. (Divulgação/Coritiba)

Daniel Piva
24/02/2016
22:57
Curitiba (PR)

O ex-jogador Dirceu Krüger foi imortalizado no Coritiba. Apontado como o maior atleta da história do clube, ele foi homenageado pela torcida, que arrecadou dinheiro e mandou escultar uma estátua do ídolo, que foi lançada na noite desta quarta-feira, data em que Krüger completou 50 anos de serviços prestados ao Coxa.

Uma estátua de bronze, com 1,72m e 320 quilos, construída pelo escultor carioca Edgar Duvivier, com o ex-atleta comemorando um gol, foi inaugurada em uma praça em frente ao estádio do Coritiba. O custo foi de R$ 140 mil e a torcida do Verdão arrecadou R$ 190 mil - o restante será doado para as categorias de base. 

 - Vocês não fazem ideia do tamanho da emoção que eu estou sentindo. Eu só posso agradecer a todos que contribuíram e até que não contribuíram, mas que incentivaram a ideia - disse, bastante emocionado.

Quando pendurou as chuteiras, em 1976, Krüger projetava seguir no clube, mas não fazia ideia do que estava por vir. Com passagens em vários departamentos, como auxiliar e técnico interino, o ex-atleta agora é o supervisor técnico das categorias de base. Função que gosta por trabalhar com jovens promessas.

- Jamais imaginei que iria completar 50 anos de Coritiba. Tenho que agradecer eternamente vocês, ex-jogadores, jogadores, funcionários, presidentes e diretoria, que aqui estiveram e me deram essa condição de hoje estar tão feliz - admitiu.

O lançamento da estátua contou com a participação de centenas torcedores, que aclamavam pelo ídolo com o canto "Olê, olê, olê Krüger, Krüger, Krüger", além de sinalizadores e bandeiras.

Nesta quinta-feira, diante do Rio Branco, Krüger participará da preleção antes da partida e ficará no vestiário do Couto Pereira até entrar junto com os atletas no gramado. Registrado no Boletim Informativo Diário (BID) nesta quarta-feira, o ex-jogador de 70 anos até assinou contrato e foi "apresentado" à imprensa na terça-feira.