Vitória x Atlético-PR

Marinho chegou a marca de oito gols pelo Leão nesta Série A. (Tiago Caldas Agência Lancepress!)

Guilherme Moreira
06/11/2016
19:01
Curitiba (PR)

Em um jogo de duas viradas, o Vitória conseguiu vencer o Atlético-PR por 3 a 2 neste domingo, no Barradão, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O triunfo tira o time baiano da zona de rebaixamento, enquanto o Furacão segue no G-6, mas continua com o jejum de nove jogos sem vencer fora de casa.

As equipes ainda se postavam em campo quando o Leão já marcou logo no primeiro ataque. Marinho recebeu de Zé Love dentro da área, seis jogadores atleticanos em volta não deram combate e o atacante bateu de bico no canto de Weverton e abriu o placar.


Com 15, Lucas Fernandes fez grande jogada e tocou para Pablo chutar cruzado muito próximo da trave. Mesmo com dificuldades na criação, o Furacão encontrou seu gol em jogada semelhante. Aos 29, Lucho González enfiou uma ótima bola pela esquerda para Lucas Fernandes, que entrou por trás da zaga, entrou na área e rolou para Pablo, sozinho, apenas encostar para as redes.

Após o tento, a equipe paranaense começou a se encaixar e ter um controle melhor das ações do adversário, conseguindo assustar na frente. Pressionado a saída de bola, Lucho roubou a bola de Euller pela direita e passou Pablo, que deu um toque por cima e virou. Esse foi o nono gol dele na competição, artilheiro rubro-negro.

Na segunda etapa, precisando do resultado, o Leão foi para cima já nos minutos iniciais. Aos 6, Marinho bateu escanteio da direita, Otávio tirou errado e Weverton praticou grande defesa. Recuado, o Atlético-PR apenas tentava se defender e, após Otávio perder a bola no ataque, a igualdade veio no contra-ataque rápido. Com 23, Marinho recebeu na entrada da área, driblou Sidcley e cruzou para David, na pequena área, completar de esquerda para as redes.

O empate deu ainda mais gás para o time da casa, que seguiu pressionando em jogadas apoiadas por Marinho, que infernizou o sistema defensivo do Furacão. A virada aconteceu aos 37. Marcão perdeu a bola, Marinho avançou com mais dois companheiros, mas não quis saber de passar. Ele jogou para a esquerda, cortou para dentro, deixou Paulo André no chão e finalizou no canto do goleiro.

Destaque no time baiano, Marinho tem 23 jogos pela equipe nesta Séria A, com oito gols e quatro assistências. Se for contar toda a temporada são 39 jogos, com 17 gols e sete assistências.

Com 39 pontos e na décima quinta colocação, o Vitória enfrenta o Santos na quinta-feira, dia 16, às 19h30, na Vila Belmiro, enquanto o Atlético, sexto colocado com 51 pontos, encara o Fluminense na terça-feira, dia 15, às 17h, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 3X2 ATLÉTICO-PR

Local
: Barradão, em Salvador (BA)
Data-hora: 06/11/2016 – 17h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (PE)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Sebastião Rufino Ribeiro Filho (PE)
Público/Renda: 22.159 pagantes/R$ 195.095,00
Cartões amarelos: Marinho, Victor Ramos (VIT); Weverton, Nikão (CAP)
Gols: Marinho, 4'/1ºT (1-0); Pablo, 29'/1ºT (1-1); Pablo, 42'/1ºT (1-2); David, 23'/2ºT (2-2); Marinho, 37'/2ºT (3-2)

VITÓRIA: Fernando Miguel, Diego Renan, Victor Ramos, Kanu e Euller (Diogo Mateus intervalo); Zé Welison, Willian Farias e Flávio (Cárdenas 43'/1ºT); Marinho, Kieza e Zé Love (David 22'/2ºT). Técnico: Argel Fucks.

ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Paulo André, Marcão e Nicolas (Sidcley 1'/2ºT); Otávio (Deivid 24'/2ºT) e Hernani; Lucho González, Nikão e Lucas Fernandes (João Pedro 33'/2ºT); Pablo. Técnico: Paulo Autuori.