Londrina x Coritiba

Júlio Rush cobrou falta com categoria e marcou um golaço para o Coxa. (Divulgação/Coritiba)

Guilherme Moreira
10/02/2018
18:22
Londrina (PR)

No melhor desempenho do ano até aqui, o Coritiba venceu o Londrina por 3 a 0 neste sábado de Carnaval, no Estádio do Café, pela quinta rodada da Taça Dionísio Filho do Campeonato Paranaense. O Coxa, que não vencia no local há cinco anos, assumiu a vice-colocação de seu grupo.

Jogando em casa, o Tubarão tinha a iniciativa do jogo, com a posse de bola, mas sem muito objetivo. E corria riscos atrás, com saídas rápidas do Verdão. Thiago Lopes foi o primeiro a oferecer perigo, chutando por cima do travessão.

Aos 17 já saiu o gol, de contra-ataque. Moser foi acionado em velocidade pela direita, cruzou rasteiro e Guilherme Parede bateu no cantinho, abrindo o placar. 0x1. É o segundo gol do meio-campista na competição.

Atrás do marcador, o Londrina passou a ser mais incisivo nas jogadas. Matheuzinho arriscou de longe, em cobrança de falta, e assustou o goleiro Wilson. Depois foi a vez de Rômulo tentar chutar de fora da área, mas para fora. O Coxa, no fim, ainda respondeu com Parede, que chutou cruzado para defesa de César, e Romércio que, de cabeça, quase ampliou.

Na volta do intervalo, a equipe do interior desperdiçou grande chance. Em lateral da direita, a bola passou pela área e sobrou para Rodrigo Figueiredo que, na pequena área e de frente para o arqueiro, chutou fraco e em cima. A oportunidade perdida foi cruel.

Na sequência, Wilson lançou Thiago Lopes em profundidade, César errou o tempo de bola e acertou o meia - o arqueiro era o último homem e foi expulso. A cobrança da falta ficou a cargo de Júlio Rusch, que bateu colocado e com categoria, marcando um golaço - Alan, que entrou nesse mesmo lance, nem se mexeu e ficou parado olhando a bola entrar. 0x2.

Com um a menos, o Tubarão melhorou e ofereceu perigo seguidamente. Miullen, duas vezes, chutou com enorme perigo para fora. Dirceu foi outro que, de longe, mandou uma bomba rente à trave. Luizão, de cabeça, também obrigou Wilson a fazer difícil defesa.

Mas parou por aí. Em troca de passes na frente da área, Alecsandro deu belo passe para Thiago Lopes, que tocou na saída do goleiro. 0x3. Alecsandro ainda marcou mais um, mas o quarto foi anulado corretamente - o atacante estava em impedimento.

Com o triunfo, o Coritiba pulou a vice-liderança do Grupo A, com oito pontos - o Londrina é o segundo do Grupo B, com seis. Na última partida, o Coxa encara o Toledo fora de casa, na quarta-feira, enquanto o Tubarão enfrenta o Cascavel, também longe de seus domínios.

FICHA TÉCNICA
LONDRINA 0X3 CORITIBA


Local: Estádio do Café, Londrina
Data/Horário: 10/02/2018, às 16h30
Árbitro: Fábio Filipus
Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos e Flávio Augusto Alves
Público/renda: 2.664 pagantes/R$ 57.648,00
Cartões amarelos: Luizão (LON); Iago Dias (COR)
Cartão vermelho: César (LON)
Gols: Guilherme Parede, 17'1ºT (0-1); Júlio Rusch, 6'2ºT (0-2); Thiago Lopes, 20'2ºT (0-3)

LONDRINA: César (Kady, 5'2ºT); Matheuzinho, Dirceu, Luizão e Felipe; Rômulo, Germano, Thiago Primão (Wesley, 36'1ºT) e Rodrigo Figueiredo (Alan, 4'2ºT); Gustavo Tocantins (Miullen, 36'1ºT) e Carlos Henrique. Técnico: Ricardinho.

CORITIBA: Wilson; Marcos Moser, Thalisson Kelven, Romércio e William Matheus; Vitor Carvalho (João Paulo, 16'2ºT), Júlio Rusch e Thiago Lopes; Iago Dias, Guilherme Parede (Kady, 35'2ºT) e Kleber (Alecsandro, 15'1ºT). Técnico: Sandro Forner.