Atlético-PR x Coritiba

Kleber Gladiador foi bem marcado e não criou espaços contra o Atlético-PR. (Giuliano Gomes/PR PRESS)

Guilherme Moreira
01/05/2016
19:26
Curitiba (PR)

Nada deu certo. Dominado em todo o jogo, o Coritiba não conseguiu jogar e perdeu por 3 a 0 para o Atlético-PR neste domingo, na Arena da Baixada, pelo primeiro jogo da final do Campeonato Paranaense. A promessa é, mesmo em uma situação complica, fazer de tudo para reverter a desvantagem.

Após o revés, o único a dar explicações em coletiva foi o técnico Gilson Kleina. O treinador admitiu a má partida e lamentou o fato da equipe não repetir as últimas boas atuações pelo Estadual. Entretanto, o comandante coxa-branca ainda acredita no título.

- Não conseguimos repetir o que estávamos fazendo. Não conseguimos fazer nossas ações ofensivas, as linhas de transição não funcionaram. Tivemos dificuldades para encaixar e, ao fim, fizemos uma conversa franca. Não foi uma boa partida, mas não podemos desvalorizar todo o trabalho feito. As coisas ficaram mais difíceis, e temos que ter inteligência para acreditar em reverter esse quadro - comentou. 

No próximo domingo, às 16h, no Couto Pereira, o Verdão precisa vencer por quatro gols para ser campeão direto. Triunfo por três gols leva a decisão para as penalidades - a última vez que isso aconteceu em seu estádio foi em 1995, pela Série B.

- Temos que ter força. Vamos ficar triste de hoje para amanhã, mas somos fortes em casa e não é só um discurso otimista. Quando se joga mata-mata acontece isso quando um dia não dá certo. Somos fortes e eu acredito. Vamos suar sangue dentro do Couto Pereira e temos que acreditar - completou o técnico alviverde.

O discurso foi reforçado pelo atacante Negueba. Na saída de campo, o jogador do Coxa comentou que o desempenho da equipe foi bem abaixo do esperado, mas que aposta em uma mudança drástica no duelo do próximo final de semana.

- Perdemos. O contra-ataque do Atlético-PR funcionou. Clássico se define no detalhe, mas tenho confiança total no time e vai ser diferente no Couto - finalizou.