Coritiba x Belgrano

Time argentino marcou um gol no início de cada tempo e conseguiu uma boa vantagem para o próximo jogo. (Foto: Guilherme Artigas).

Daniel Piva
21/09/2016
23:37
Curitiba (PR)

O Coritiba errou muito e pagou caro por isso. Na noite desta quarta-feira, o Coxa perdeu por 2 a 1 para o Belgrano, da Argentina, em pleno Couto Pereira, pelo jogo de ida das oitavas de final. Os principais pecados do time foram no primeiro gol sofrido e ter desperdiçado uma penalidade máxima ainda na etapa inicial. Para seguir vivo na Sul-Americana, o time paranaense terá que reverter a vantagem em Córdoba, na semana que vem.

Mesmo apostando em uma linha defensiva com cinco jogadores, a zaga do Coxa falhou logo aos três minutos de jogo. Ícaro perdeu a bola na linha de fundo para Mathias Suárez, que serviu Claudio Bieler que não desperdiçou. 1 a 0 para o time de Córdoba.


O Coritiba sentiu o gol e teve dificuldades para criar boas jogadas. O Coxa só conseguiu assustar aos 15 e aos 19 minutos, em ambos os lances com o volante Alan Santos. Já o time argentino seguiu atacando e tendo algumas oportunidades: aos 20 e aos 24, Mathias Suárez levou perigo contra a meta do goleiro Wilson.

Apesar de não estar em uma noite inspirada, o Coritiba teve uma ótima chance de empatar o jogo. Aos 38, Dodô chutou, a bola bateu na mão de um jogador argentino e o árbitro uruguaio Crhistyan Ferreira marcou pênalti. Na cobrança, o atacante Colin Kazim bateu fraco e o goleiro Olave fez boa defesa.

Para piorar, o Belgrano ampliou no início do segundo tempo (aos quatro minutos), com o atacante Nahuel Luján, de cabeça. 2 a 0. 

Com a boa vantagem no placar, o time argentino soube aproveitar o desespero do Coritiba e criou ótimas chances para marcar o terceiro nos contra-ataques:  Bieler acertou a rede, mas pelo lado de fora; Suárez fez o goleiro Wilson trabalhar; e Luján quase fez mais um, mas o zagueiro Nery Bareiro conseguiu salvar em cima da linha.

No entanto, o Coritiba ganhou um novo ânimo na partida aos 29 minutos, quando Luna derrubou Kazim dentro da área. Mais um pênalti para o Coxa, desta vez Leandro foi para a bola e bateu forte, no meio do gol, e diminuiu. 2 a 1.

Apesar de ter se empolgado com o gol, o Coritiba não conseguiu furar o sistema defensivo do time argentino, que não tomou sustos nos minutos finais do duelo. Assim, o Belgrano leva uma boa vantagem para o jogo da próxima quarta-feira, em Córdoba, no Estádio Mário Alberto Kempes.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 1X2 BELGRANO-ARG

Loca
l: Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data-hora: 21/9/2016 – 21h45
Árbitro: Christyan Ferreira (URU).
Auxiliares: Richard Trinidad (URU) e Horacio Ferreiro (URU).
Público/Renda:  22.950 pagantes/ 23.677 total/ R$ 662.330,00.
Cartões amarelos: Nery Bareira, Kazim e Alan Santos (CFC); Lema, Rojas e Barbieir (BEL).
Gols: Claudio Bieler, 03'/1ºT (0-1); Luján, 04'/2º T (0-2); Leandro, 30'/2ºT (1-2).

CORITIBA: Wilson; Dodô, Nery Bareiro, Ícaro Juninho e Carlinhos; João Paulo, Alan Santos (González/ Intervalo) e Yan (Iago Dias/ Intervalo); Colin Kazim e Leandro (Evandro/35`2ºT). Técnico: Paulo César Carpegiani.

BELGRANO:  Olave; Luna, Cristian Romero, Lema e José Rojas; Lértora, Fabré (Bolatti/27`2ºT) , Mathias Suárez e Jorge Velázquez; Nahuel Luján (Barbieri/ 24`2ºT) e Claudio Bieler (Gastón Suárez, 38`2ºT). Técnico: Esteban González.