Goleiro Weverton (Foto:Lucas Figueiredo/MoWa Press)

Goleiro Weverton foi comandado por Milton Mendes (Foto:Lucas Figueiredo/MoWa Press)

Daniel Piva
02/08/2016
08:56
Curitiba (PR)

A convocação do goleiro Weverton, do Atlético-PR, para a vaga de Fernando Prass na Seleção Olímpica surpreendeu muita gente. Porém, o técnico Milton Mendes, atualmente no Santa Cruz e que trabalhou com o atleticano no ano passado, garantiu que a única surpresa foi com a chance dada ao jogador vir somente agora.

Weverton se destaca no Atlético-PR desde junho de 2012, quando assumiu o posto de titular do time. E Milton Mendes foi o primeiro nome a se posicionar publicamente pedindo para que o atleticano recebesse uma chance na Seleção Brasileira.

- Há um ano, quando eu estive no programa Bem, Amigos eu disse que eu convocaria o Weverton para a Seleção Brasileira se eu fosse o treinador dela - relembrou Milton Mendes.

Agora, com a chance dada a Weverton, o técnico Milton Mendes projeta um crescimento do goleiro na Seleção Brasileira.

- Ele tem sido ao longo dos anos um goleiro extremamente eficaz, mantendo a segurança em todos os jogos e elevando o clube a um patamar superior. Para falar a verdade, essa convocação vem com um ano de atraso - analisou. - Tenho certeza que o Weverton vai fazer história na Seleção Brasileira e vai ser promovido para a principal, pois já conversei sobre ele com pessoas influentes - complementou Milton Mendes.

Além do atual treinador do Santa Cruz, um outro personagem enalteceu a chance dada a Weverton. Trata-se do ex-atacante Lucas, que fez história no Atlético-PR e que foi convocado por Vanderlei Luxemburgo para os Jogos Olímpicos de 2000. 

Até então, Lucas era o único atleta de um clube paranaense convocado para participar das Olimpíadas. Ele parabeniza o feito de Weverton e aposta que a experiência do goleiro atleticano pode ser um diferencial.

- Mesmo com jogadores consagrados e atuando em grandes clubes europeus, pesa a idade e a personalidade. Em 2000 eu joguei e posso dizer que sentimos a falta de lideranças. Tenho certeza que o Weverton exercerá esse papel e ajudará essa geração, que tem muita qualidade, a trazer esse sonhado ouro - declarou o ex-atacante.