Treino Arena grama sintética

Walter finaliza cruzamento no novo piso da Arena; torcida, ao fundo, aplaude. (Divulgação/Atlético-PR)

Guilherme Moreira
23/02/2016
12:51
Curitiba (PR)

Com a presença da torcida, o Atlético-PR realizou o último treinamento na Arena da Baixada antes da partida contra o Criciúma, pela segunda rodada da Primeira Liga, nesta quarta-feira, às 19h30. A maior atração do treino foi a grama sintética no estádio.

O novo piso do palco paranaense da Copa do Mundo de 2014 se assemelha muito à grama natural. A bola rola normalmente e não quica, como é costume nesse tipo de gramado. E os jogadores se adaptaram bem na atividade desta manhã. Entretanto, só vão falar suas impressões durante a tarde.

Após o aquecimento, os atletas do Furacão fizeram o tradicional "rachão" que antecede uma partida. O ala esquerdo Roberto, com dores, ficou de fora e é dúvida para o confronto de amanhã. O atacante Walter, o mais badalado pelo torcedor, treinou normalmente e mostrou, mais uma vez, que reduziu bastante seu peso do ano passado para cá.

E os torcedores foram só elogios. O treino aberto ao público virou raridade no Atlético-PR. Com uma política fechada para a torcida e imprensa, o "evento" desta terça virou uma atração e quase 2 mil torcedores estiveram na Arena para acompanhar. E quem foi aprovou a medida, além da grama sintética.

- O Atlético vai tirar vantagem disso, pois é o primeiro time (da Série A) a ter a grama sintética. Vamos aproveitar 100% esta oportunidade - garantiu Jean Felipe, torcedor presente no local.

Com três pontos conquistados na estreia, o Atlético-PR lidera o grupo na Primeira Liga. O Fluminense, com a mesma pontuação e um jogo a mais, está na vice-liderança. Criciúma e Cruzeiro, ambos com um ponto, completam a classificação da chave.