Coritiba x Rio Branco

Dudu foi um dos poucos participativos no jogo. (Divulgação/Coritiba)

Guilherme Moreira
25/02/2016
21:40
Curitiba (PR)

O Coritiba voltou a decepcionar e apenas empatou com o lanterna Rio Branco por 3 a 3 nesta quinta-feira, no Estádio Couto Pereira, pela sexta rodada do Campeonato Paranaense. Com o terceiro tropeço no torneio, o time alviverde só não foi alvo de vaias da torcida, porque o goleiro Wilson salvou a derrota no último minuto com um gol de cabeça.

O Coxa começou a partida indo para cima do adversário. O meio-campista Dudu, aos 5 e 6 minutos, arriscou dois chutes que assustaram o arqueiro adversário. Mas quem saiu na frente foi o time do litoral.

João Paulo recuou a bola para o goleiro Wilson, que acabou segurando sem ter visto que a jogada não tinha sido disputada com o atacante do Leão da Estradinha. Na cobrança dentro da área, Henrique rolou para Danilo Rios chutar e abrir o placar, aos 11 minutos.

A resposta coxa-branca veio rápida. Com 16, Carlinhos cobrou falta, a bola desviou na barreira e enganou o goleiro Edvaldo, entrando no canto direito dele para empatar o jogo. Mesmo com o gol, o Verdão seguia com dificuldades. 

Dando muito espaço entre a zaga e o meio-campo, o Coxa dava muita liberdade para o adversário. Depois de duas jogadas com falhas na finalização, Danilo Rios cruzou e Rodrigo Jesus, no meio de dois zagueiros, concluiu para voltar à frente do marcador, aos 33.

Dudu, que chamava a responsabilidade, ainda acertou o travessão em chute de longa distância antes de empatar. Novamente de bola parada, já que tinha dificuldade na infiltração, João Paulo cobrou escanteio e Wallison Maia se antecipou à zaga para marcar de cabeça, no último lance da primeira etapa. O árbitro, entretanto, deu gol contra de Marcão. 

Na volta do intervalo, o técnico Gilson Kleina tirou Carlinhos, lesionado, para a entrada de Negueba, com objetivo de dar maior mobilidade no ataque. A primeira chance veio pelo alto, com Juninho cabeceando forte e obrigando o goleiro a fazer ótima defesa.

Aos 11, Negueba fez seu papel e serviu Leandro quase na pequena área, mas o atacante finalizou em cima de Edvaldo e desperdiçou nova chance pelo Verdão. Porém, com 18, Roberto ajeitou na meia-lua, ninguém deu combate e o camisa 9 acertou no cantinho de Wilson, colocando o Rio Branco mais uma vez com vantagem.

Atrás do marcador, o comandante coxa-branca colocou Vinícius e Thiago Lopes nas vagas de Guilherme Parede e Leandro, respectivamente. Mas as substituições não fizeram efeito. A equipe coxa-branca seguiu sofrendo com a criação e nada criava.

Nos 15 minutos finais, a pressão da torcida intensificou e o nervosismo do time agravou ainda mais o cenário. O time alviverde sequer conseguiu armar uma pressão no abafa na reta final para tentar o empate. Só que no apagar das luzes, o goleiro Wilson foi para área e, de cabeça, aproveitou cruzamento e conseguiu empatar.

Com a igualdade, o Coritiba está na terceira colocação do Estadual, com 11 pontos. No próximo jogo, o Verdão encara o PSTC no domingo, às 16h, fora de casa, pela sétima rodada.