Thiago Heleno

Furacão pede atenção para não cair precocemente da competição. (Giuliano Gomes/PR PRESS)

Guilherme Moreira
18/05/2016
07:30
Curitiba (PR)

Nesta quarta-feira, às 19h30, na Arena da Baixada, o Atlético-PR recebe o Dom Bosco-MT pelo segundo jogo da segunda fase da Copa do Brasil. Apesar da não confirmação, o Furacão deve ir com o time titular para o duelo decisivo.

Após vacilar e deixar escapar a possibilidade de evitar a partida da volta, o time atleticano quer usar o primeiro jogo como lição. A equipe, que estava vencendo por 2 a 0 até os 40 minutos do segundo tempo, levou dois gols em dois minutos e perdeu a classificação direta.

- Eu me senti incomodado por conseguir fazer o resultado que eliminaria o jogo de volta. A lição que fica é que tem que ficar ligado até o fim do jogo. A equipes deles conseguiram fazer os gols em duas bolas. Teríamos uma semana cheia - lamentou Vinícius, que marcou um gol e deu uma assistência em Cuiabá. 

O técnico Paulo Autuori admitiu que vai utilizar o mesmo grupo que utilizou no revés contra o Palmeiras, no último sábado, pela Série A. No primeiro confronto, na semana passada, o treinador optou por usar uma equipe praticamente reserva.

A principal dúvida é na ala direita. Léo, que foi expulso pelo Campeonato Brasileiro, tende a ficar de fora mesmo sendo titular por não poder jogar no final de semana - isso se o comandante quiser dar sequência a Eduardo com dois jogos seguidos.

Já no meio-campo, a notícia de que o volante Jadson não vai renovar pode fazer com que fique de fora. Autuori afirmou que não foi avisado da decisão e que, apesar da saída eminente do atleta, não pretende barrá-lo da escalação. Caos surpreende, Hernani é opção.

Assim, o Atlético-PR deve ir a campo com: Weverton; Léo (Eduardo), Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Jadson (Hernani) e Vinícius; Ewandro, Nikão e Walter.

Depois do empate por 2 a 2, o Furacão joga por empates até 1 a 1 ou qualquer vitória para avançar à terceira fase da Copa do Brasil. Uma nova igualdade pelo mesmo placar de Cuiabá leva o confronto para os pênaltis.