Geraldo

Geraldo comemora gol da vitória no clássico do Brasileiro de 2013. (Divulgação/Coritiba)

Daniel Piva
30/04/2016
13:59
Curitiba (PR)

Todo clássico decisivo tem um jogador que fica imortalizado na história do clube vencedor. E esse atleta passa a ser uma espécie de amuleto da torcida, principalmente nos momentos de tensão contra os rivais. Principal confronto do estado, Atlético-PR e Coritiba possuem algumas apostas desse tipo, mas dois atletas se sobressaem nessa relação.

Pelo lado do Atlético-PR está o ex-atacante Joel, um dos principais nomes do time campeão estadual de 1983. Somente naquele ano, ele marcou cinco gols em cima do rival Coxa, sendo que dois deles garantiram o título ao Furacão. A euforia foi tanta que ele passou a carregar o apelido de Carrasco.

- Eu não sei o que acontecia com o Coritiba, era uma espécie de sina. Mas desde os tempos de base eu sempre marcava gols contra eles - recordou Joel Carrasco.

Já pelo lado do Verdão, o caso mais simbólico é recente. O angolano Geraldo brilhou em quatro Atletibas, sendo três deles decisões de Campeonato Paranaense e caiu nas graças da torcida alviverde. 

- O mais especial para mim foi o de 2010. Vencemos por 2 a 0, eu fiz o segundo gol e dei início a toda essa série - apontou o atacante, atualmente no Primeiro de Agosto, de Angola.

Para a decisão de 2016, Joel Carrasco apostou que Walter irá desencantar com a camisa atleticana. O camisa 18 não balança as redes desde novembro do ano passado e não vive uma boa fase em campo.

- O Coritiba vive um melhor momento e é favorito. Mas nesses momentos assim o Atlético-PR cresce. O time tem que ir para cima, principalmente na Arena. Assim pode abrir uma vantagem, além de torcer pelo Walter - afirmou.

Já Geraldo declarou apoio aos jogadores alviverdes e demonstrou confiança em mais um título. Em melhor momento, o Coritiba desponta com certo favoritismo na final.

- Os números recentes mostram a superioridade do Coritiba nestes clássicos. Estarei na torcida por todos eles e pronto para festejar mais um título - prometeu.