Arena da Baixada

Nas arquibancadas, a mística ainda não é a mesma pelos problemas entre organizada e diretoria. (Divulgação/Atlético-PR)

Guilherme Moreira
04/08/2016
08:00
Curitiba (PR)

Com ainda um jogo para disputar fora de casa, o Atlético-PR terminou o primeiro turno da Série A de forma invicta na Arena da Baixada e com o melhor rendimento entre as 20 equipes. Na última quarta-feira, o Furacão venceu o então líder por 2 a 0, gols de Walter, pela décima oitava rodada.

Em nove jogos disputados em seu estádio, o time paranaense prova que faz uma campanha de respeito: são sete vitórias (Figueirense, Santa Cruz, Santos, Grêmio, América-MG, Fluminense e Corinthians) e apenas dois empates (Atlético-MG e Vitória), com 85,19% de aproveitamento. Ou seja, 23 dos 30 pontos que possui na tabela.

Temido atuando em casa por muitos anos, o clube paranaense vem relembrando a força de jogar ao lado do seu torcedor - um cenário que teve apenas lapsos ultimamente do que era no fim dos anos 90 e inícios dos anos 2000. A média de público de 14.722 pessoas, a nona da competição, ainda não traduz os resultados na agora grama sintética. 

Se a mística do Caldeirão nas arquibancadas ainda não é a mesma da Baixada e Arena antigas, até pelos problemas recorrentes entre organizada e diretoria atleticana, os números atuais dentro de campo animam a torcida rubro-negra. Pelo Campeonato Brasileiro deste ano, a equipe não sabe o que é perder.

- Primeiramente, queria parabenizar os jogadores e os torcedores, foi um ambiente fantástico. Só não precisa gritar "raça" antes do jogo porque isso não vai faltar nunca. Eles são importantíssimos para nós e ficou uma atmosfera maravilhosa - elogiou o técnico Paulo Autuori, após o triunfo diante do Timão.

Se for levar em conta toda a temporada até aqui, o rendimento continua avassalador: 21 jogos, com 15 vitórias, cinco empates e somente uma derrota, entre Campeonato Paranaense, Primeira Liga, Copa do Brasil e Série A - aproveitamento de 79,3%. Nessa conta, foram calculadas partidas disputadas no Ecoestádio Janguito Malucelli por conta da reforma do gramado da Arena.

Em 2016, sob seu mando de campo, o ataque rubro-negro balançou as redes 32 vezes, enquanto que a defesa sofreu apenas sete gols.

Contraste

Já fora de casa, o rendimento é bem diferente no torneio nacional de mata-mata: duas vitórias (São Paulo e Cruzeiro), um empate (Chapecoense) e seis derrotas (Palmeiras, Botafogo, Internacional, Ponte Preta, Coritiba e Sport). Ainda joga no sábado, às 18h30, diante do Flamengo, em Cariacica-ES, fechando o turno de vez.

Sexto colocado, com 30 pontos, o Atlético-PR está a apenas um ponto do G-4 no Brasileirão - ainda depende do complemento da rodada para manter essa distância.

Confira os jogos do Atlético-PR no primeiro turno na Arena:

Atlético-PR 1x1 Atlético-MG
Atlético-PR 2x1 Figueirense
Atlético-PR 1x0 Santa Cruz
Atlético-PR 1x0 Santos
Atlético-PR 2x0 Grêmio
Atlético-PR 1x0 América Mineiro
Atlético-PR 1x1 Vitória
Atlético-PR 1x0 Fluminense
Atlético-PR 2x0 Corinthians

TOP 4 melhores mandantes:

Atlético-PR: 85,19%
Palmeiras: 81,48%
Santos: 81,48%
Grêmio: 81,48%