Paulo Autuori

Treinador atleticano cobrou o time, que não criou nenhuma chance em Florianópolis. (Marco Oliveira/Atlético-PR)

Guilherme Moreira
07/09/2016
19:11
Curitiba (PR)

Com fraca atuação, o Atlético-PR perdeu para o Figueirense por 1 a 0 nesta quarta-feira, no Orlando Scarpelli, pela vigésima terceira rodada da Série A. Após a partida, o técnico Paulo Autuori reconheceu que a equipe não fez nada para merecer outro resultado.

- Hoje foi nossa pior exibição em todos os sentidos. O time foi muito mal, mas não vamos ficar de justificativa, a equipe não esteve bem. Falta de concentração quando começou o jogo, tomamos o gol. Vamos ver o que vamos fazer para o próximo jogo - comentou. 

Sem dar um chute a gol, o Furacão continua tendo dificuldades no setor ofensivo. A equipe paranaense tem o terceiro pior ataque do Campeonato Brasileiro e, diante do Figueira, sequer chances foram criadas. São apenas 21 gols marcados em 23 jogos.

- Nós temos tido ineficácia, criamos chances, mas hoje sequer criamos, nós temos que saber analisar isso. Uma coisa é criar e não ser eficaz, e tem ocorrido conosco. Hoje nem isso fizemos. Faltou eficiência do jogo coletivo e a ineficácia nem precisou existir. O que preocupa é não ter criado. Fomos abaixo e precisamos ter reação - complementou o treinador.

Com o resultado, o Atlético-PR segue em 9º, com 33 pontos, e pode se distanciar ainda mais do G-4. No domingo, às 16h, o Rubro-Negro encara o Internacional na Arena da Baixada.