O jogador se apresentou nesta semana ao clube francês

Jogador se apresentou nesta semana ao clube francês (Foto: Divulgação/ Bordeaux-FRA)

Daniel Piva
10/08/2017
09:41
Curitiba (PR)

Negociado com o Bordeaux-FRA, volante Otávio será mais um a apoiar o Atlético-PR na noite desta quinta-feira, contra o Santos, às 21h45, na Vila Belmiro, pelas oitavas de final da Libertadores da América. O ex-jogador do Furacão diz que confia nos antigos companheiros e que o time paranaense pode sim reverter a vantagem santista. Em meio ao duelo decisivo, o meio-campista revela uma mistura de sentimentos: triste por sair do clube após dez anos e feliz por realizar o sonho de jogar no futebol europeu.

- É um sonho que realizei, que sempre busquei desde pequeno. Jogar profissionalmente no Brasil e conquistar o carinho dos torcedores. No Atlético-PR consegui isso, fui muito feliz. É claro que fica um sentimento de tristeza por causa dos amigos. Mas, por outro lado, é a realização de um outro sonho: jogar em um grande clube da Europa e com a visibilidade lá em cima - revela o meio-campista.

Esta visibilidade, citada por Otávio, se deve a ida de Neymar ao Paris Saint Germain, negociação que colocará o futebol francês em evidência, especialmente no Brasil.

- Fico muito feliz do Neymar ter vindo para cá, pois todo mundo sabe a importância dele no futebol mundial. Ele vai trazer mais visibilidade para o campeonato. Fico feliz em enfrentá-lo - aponta o volante.

Além de Neymar e Otávio, outros atletas brasileiros desembarcaram na França - além dos que continuam por lá. Entre as novidades, estão dois conhecidos e até mesmo concorrentes do volante, já que são da mesma posição: Hernani, ex-Atlético-PR e Zenit-RUS, que acertou com o Saint-Étienne, e Thiago Maia, do Santos, que foi para o Lille.

- O Hernani é meu amigo. Fico feliz dele ter vindo também, mesmo que seja para jogar contra. E tem ainda o Thiago Maia, que apesar de novo já fez bastante coisa dentro do futebol. Será bacana - avalia Otávio.

Sobre o Atlético-PR, o volante declara apoio total aos ex-companheiros no duelo desta quinta, contra o Santos. Para ele, apesar da desvantagem, o Furacão pode sim surpreender e garantir a classificação para as quartas de final da Libertadores.

- Eu vou dar o meu apoio máximo a todos eles. Sei o quanto eles trabalham e buscam no dia a dia. Eles merecem mais do que ninguém. Todos desacreditam, ninguém confia no clube. Mas eu sei que eles são capazes e que vão fazer um grande jogo. Vou torcer ao máximo - diz.

Além de vender por 7 milhões de euros, o Atlético-PR manteve 10% dos direitos econômicos do jogador em uma futura venda. O clube paranaense ainda tem o direito ao percentual de formação de Otávio.