Paraná x Atlético-PR

O cara: João Pedro abriu o placar com uma bomba e ainda deu duas assistências. (Miguel Locatelli/Atlético-PR)

Guilherme Moreira
24/01/2018
21:59
Curitiba (PR)

O Atlético-PR não tomou conhecimento e venceu o Paraná por 3 a 0 nesta quarta-feira, na Vila Capanema, pela segunda rodada da Taça Dionísio Filho do Campeonato Paranaense. João Pedro, que se destacou no Tricolor em 2017, fez um gol e deu duas assistências, sendo o nome do clássico.

Atuando em casa, o time paranista marcava na frente e sufocava a equipe rubro-negra. E, na base da pressão e recuperação imediata da bola, aparecia com facilidade. Aos 4, no contra-ataque, Alemão avançou e deu o passe para João Paulo, que bateu com perigo sob a meta de Santos. No minuto seguinte, Zezinho avançou com a bola e foi derrubado dentro da área. No pênalti, o estreante Zé Carlos chutou firme, à meia altura, no canto direito e o goleiro espalmou, evitando a abertura do placar.

Apesar da perda da penalidade, o Tricolor seguiu em cima do rival. Zezinho, dessa vez, foi quem arriscou e mandou uma bomba para nova defesa de Santos. A resposta atleticana, ainda se ajustando em campo e só se defendendo, veio perto dos 30min. Léo Pereira aproveitou cruzamento e, sozinho de cabeça, mandou a bola raspando a trave.

Mas, cinco minutos depois, o Furacão abriu o placar quando começava a se sentir a vontade na partida. João Pedro, que tanto ajudou o Paraná na Série B do ano passado, voltou pro Atlético-PR e fez um golaço. Ele recebeu livre de marcação e, com um foguete, chutou de fora da área no ângulo, sem chance alguma para Thiago Rodrigues. 0x1.

Na volta do intervalo, o Furacão seguiu como terminou a primeira etapa: melhor. Explorando as jogadas rápidas, o time atleticano apareceu com Giovanny, que arrancou em velocidade, tocou para Yago e a batida cruzada foi para fora.

A equipe paranista, em busca da igualdade, não encontrava mais espaços como no início do jogo e parava no eficiente marcação do sistema defensivo. O setor de criação era praticamente nulo. A solução, então, era bola parada. Escanteios seguidos sem perigo e uma falta bem cobrada por Zezinho. E só.

Com 30 veio a confirmação do triunfo do Rubro-Negro. João Pedro cruzou com maestria, como se fosse com as mãos, e Léo Pereira, no primeiro pau, desviou de cabeça para ampliar o marcador. 0x2. O zagueiro, pouco depois, ainda foi expulso, mas nada que prejudicasse o resultado positivo. E ainda saiu mais um. Felipe Dorta, aos 46, chutou cruzado após nova assistência de João Pedro. 0x3.

A vitória coloca o Atlético-PR na liderança isolada do Grupo B, com seis pontos - o Paraná segue zerado, na última colocação, do Grupo A. Na terceira rodada, o Furacão recebe o Cianorte no sábado, na Arena da Baixada, enquanto o Tricolor enfrenta o Londrina, no domingo, na Vila Capanema.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 0X3 ATLÉTICO-PR

Local
: Vila Capanema, em Curitiba
Data-Hora: 24/01/2018 - 20h
Árbitro: Rodolpho Toski Marques
Auxiliares: Bruno Boschilia e Daniel Cotrim de Carvalho
Público/renda: 6.532 total/R$ 172.505,00
Cartões amarelos: Zezinho, Alex Santana, Vitor Feijão, Gabriel Pires (PAR); Léo Pereira, Deivid (ATL)
Cartão vermelho: Léo Pereira (ATL)
Gols: João Pedro, 35'1ºT (0-1); Léo Pereira, 30'2ºT (0-2); Felipe Dorta, 46'2ºT (0-3)

PARANÁ: Thiago Rodrigues; Júnior, Charles, Neris e Igor (Vitor Feijão, 6'2ºT); Leandro Vilela, Alex Santana (Gabriel Pires, 22'2ºT) e Zezinho (Felipe Augusto, 32'2ºT); Alemão, João Paulo e Zé Carlos. Técnico: Wagner Lopes.

ATLÉTICO-PR: Santos; Cascardo, José Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Deivid, Bruno Guimarães, Giovanny (Felipe Dorta, 18'2ºT), João Pedro e Yago (Demethryus, 31'2ºT); Ederson (Emerson Silva, 37'2ºT). Técnico: Tiago Nunes.