Atlético-PR x Chapecoense

Time paranaense novamente sofreu com adversário fechado na Arena. (Guilherme Artigas/LANCE!Press)

Guilherme Moreira
21/07/2016
22:59
Curitiba (PR)

O Atlético-PR não fez uma boa partida e apenas empatou com a Chapecoense por 0 a 0 nesta quinta-feira, na Arena da Baixada, pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Mesmo com o adversário jogando com time misto, o Furacão esbarrou novamente em uma equipe fechada e ainda ficou perto de perder o jogo.

Atuando com Juninho no meio-campo, ao contrário da previsão de atuar com André Lima ao lado de Walter, o time paranaense até teve boa movimentação nos minutos iniciais. Pressionando a zaga adversário, a equipe por pouco não criou situações claras.

Entretanto, o passe e a transição finais do Furacão não estavam encaixando - com o ataque e os pontas abrindo poucos espaços. Esse problema de propor o jogo contra times fechados no estádio rubro-negro, inclusive, tem sido frequente pela Série A e foi visto nesta noite novamente. A alternativa, então, foi tentar arremates de fora.

A única chance clara no primeiro tempo foi aos 31 minutos, quando Léo roubou a bola pelo lado do campo e cruzou para Walter, de primeira, chutar mascado e cruzado por cima da trave. Com 38, Hernani arriscou de longe e Danilo teve dificuldades para fazer a defesa. No minuto seguinte, Vinícius avançou e chutou rasteiro para nova intervenção do goleiro.

Na segunda etapa, o Atlético-PR manteve a mesma postura e logo aos 7, Sidcley carregou a bola e bateu forte perto da trave. Com 13, a Chape chegou com perigo pela primeira vez: Hyoran fez jogada individual pela direita e cruzou por baixo para Josimar que, de carrinho, tocou na bola e Weverton salvou. Depois disso, o time catarinense começou a gostar do jogo.

Aos 25, Lucas Gomes levantou na área, Bruno Rangel ganhou pelo alto e cabeceou no canto de Weverton, que só acompanhou a bola ir para fora. Cinco minutos depois, em falha de Otávio, Lucas Gomes correu sozinho e chutou cruzado nas mãos do goleiro. Com 38, Hyoran tabelou com Kempes e, na saída de Weverton na área, tocou por cima, mas o arqueiro tirou para escanteio.

Com a igualdade, o Atlético-PR se classifica caso vença por qualquer placar ou empate com gols - novo 0 a 0 leva para os pênaltis. Os times voltam a se enfrentar no dia 27, às 19h30, na Arena Condá.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 0X0 CHAPECOENSE

Local
: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data-Hora: 21/7/2016 - 21h (horário de Brasília)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Patricia Silveira de Paiva Retondário da Silva (RJ)
Público/renda: 22.181 pagantes /R$ 479.740,00
Cartão amarelo: Léo (CAP)

ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno, Sidcley; Otávio, Hernani, Vinícius (Giovanny), Pablo e Juninho (Nikão) (André Lima); Walter. Técnico: Paulo Autuori.

CHAPECOENSE: Danilo; Gimenez, Rafael Lima, Willian Thiego e Sérgio Manoel; Josimar, Gil, Matheus Biteco e Martinuccio (Hyoran); Lucas Gomes (Ananias) e Bruno Rangel (Kempes). Técnico: Caio Júnior.