Atlético-PR x Paraná

(Giuliano Gomes/PR PRESS)

Daniel Piva
16/04/2016
19:40
Curitiba (PR)

O Atlético-PR largou com vantagem na semifinal do Campeonato Paranaense. O time bateu o Paraná por 2 a 1, na tarde deste sábado, na Arena da Baixada. Apesar do resultado, a equipe lamentou o excesso de oportunidades desperdiçadas.

Para se ter ideia, o goleiro Marcos, do Paraná, foi um dos protagonistas do jogo. No total ele praticou nove defesas, segurando o ataque atleticano durante todo o duelo.

- A verdade é que poderia ter sido um placar mais elástico. Nós criamos muitas chances, mas perdemos muitos gols - lamentou o meia Marcos Guilherme, que entrou bem na segunda etapa.

Na mesma linha foi o goleiro Weverton, capitão do time do Atlético-PR, que ressaltou que não precisou praticar nenhuma grande defesa na partida. A única bola a gol foi no pênalti convertido pelo goleiro Lúcio Flávio. 

- Enquanto o goleiro deles trabalhou muito, sendo um dos melhores em campo, eu praticamente não fui acionado. Fomos superiores - analisou o camisa 12 atleticano.
O meia Nikão, que abriu o placar com um belo gol, aos 21 minutos do primeiro tempo, foi na mesma linha dos companheiros e também lamentou o excesso de chances perdidas pelo time.

- Poderíamos ter levado uma vantagem maior, pois criamos chances para isso - afirmou o jogador.

Já o técnico Paulo Autuori buscou valorizar mais a vantagem obtida, embora reconheça que ela seja pequena. Qualquer vitória do Paraná por um gol de diferença no jogo de volta, no domingo que vem, levará a decisão para os pênaltis.

- A vantagem que nós temos é essa vitória. A vitória foi considerável, a vantagem é pequena. A vitória foi convincente pois jogamos bem e dominamos - declarou o treinador atleticano.

O atacante Walter também comemorou a vantagem e aproveitou a oportunidade para elogiar o time paranista:

- A vantagem é boa, pois será um jogo equilibrado lá. O Paraná é uma grande equipe e não tem nada resolvido - afirmou o atleta.