Atlético-PR x Internacional  - Campeonato Brasileiro Série A

Apesar de ter sofrido um gol no primeiro minuto do jogo, Atlético-PR demonstra força e vira em cima do Inter (Foto: Guilherme Artigas/Fotoarena/LANCE!Press)

Daniel Piva
11/09/2016
17:59
Curitiba (PR)

O Atlético-PR sofreu, mas conseguiu derrotar o Internacional na Arena da Baixada. Com direito a uma virada, o Furacão venceu por 2 a 1 e alcançou a marca de 36 pontos. Já o Colorado voltou a tropeçar no Campeonato Brasileiro e a preocupação com a zona de rebaixamento segue atormentando o clube gaúcho.

Logo no primeiro minuto de partida, o Internacional abriu o placar. Após cobrança de lateral, Aylon desviou de cabeça para trás e Valdívia completou para o fundo da rede.

O Atlético-PR sentiu o gol e demorou para se acertar na partida. Para falar a verdade, quase se complicou ainda mais quando aos 20 minutos o atacante Nico Lopez invadiu a área em velocidade, passou pelo goleiro Weverton e caiu. Os colorados pediram pênalti, mas o árbitro marcou apenas escanteio.

Já aos 30, Seijas cobrou uma falta com estilo e exigiu uma importante defesa de Weverton. Mas a partir daí o Furacão cresceu na partida, mas pecava nas finalizações. Rosseto, por exemplo, apareceu em boa condição, mas o tiro saiu completamente torto.

E a partir dos 39 passou a brilhar a estrela do meia-atacante Pablo. Primeiramente, ele aproveitou o rebote do goleiro Danilo Fernandes, que espalmou nos pés dele um chute forte de Otávio, e não desperdiçou: 1 a 1.

E logo na primeira jogada do segundo tempo, aos 39 segundos, após um cruzamento do lateral-direito Léo e uma saída errada do goleiro do Inter, Pablo aproveitou e de cabeça virou o placar: 2 a 1 Furacão.

A virada antes do primeiro minuto da etapa final pressionou o Internacional, que desperdiçou uma chance incrível de empatar. Aos 10, após um cruzamento rasteiro da direita, Aylon não conseguiu empurrar a bola para o fundo da rede, e na sequência da jogada Nico Lopez mandou pela linha de fundo.

O Inter tinha dificuldades para criar grandes jogadas, mas mesmo assim conseguiu levar alguns sustos contra o goleiro Weverton: aos 36, Vitinho apareceu em ótima condição após nova cobrança de lateral, mas na hora da conclusão ele viu o lateral Léo desviara bola para a linha de fundo. Já aos 46, Nico Lopez bateu forte e exigiu importante defesa do arqueiro atleticano. e na última tentativa, Aylon desviou, mas a bola foi exatamente no local em que estava Weverton, que assegurou a vitória do Furacão por 2 a 1.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 2 X 1 INTERNACIONAL


Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR).
Data-hora: 11/09/2016 - 16h
Árbitro: Paulo Vollkof (MS)
Auxiliares: Leandro Dos Santos Ruberdo (Asp-Fifa) e Cícero Alessandro de Souza (ambos do MS)
Cartões amarelos:  Aylon (INT).
Público/Renda: 12.756 pagantes/ 14.498 total/ Renda: R$ 298.250,00
Gol: Valdívia, 1'/1ºT (1-0); Pablo, 39`/1ºT (1-1); Pablo, 0` / 2ºT (2-1).

ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Wanderson, Thiago Heleno e Sidcley (Nicolas, 07´/ 1ºT); Otávio, Hernani, Yago (Lucas Fernandes, 13`/ 2ºT), Rosseto (Marcão, 41`/ 2ºT) e Pablo; André Lima. Técnico: Paulo Autuori.

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; William, Eduardo, Ernando e Artur; Rodrigo Dourado, Eduardo Henrique (Ceará, 17`/ 2ºT), Valdívia (Anderson, 27`/ 2ºT) e Seijas (Vitinho, 17`/ 2ºT); Nico Lopez e Aylon. Técnico: Celso Roth.