Wanderson

Wanderson, 25 anos, disputou 14 partidas no Campeonato Paulista. (Gustavo Oliveira/Atlético-PR)

Guilherme Moreira
16/05/2016
18:39
Curitiba (PR)

No início da noite desta segunda-feira, o Atlético-PR confirmou a contratação do defensor Wanderson para o elenco principal. Por outro lado, o clube paranaense admitiu que não conseguirá manter o meio-campo Jadson.

Destaque da Ferroviária-SP, parceiro do Furacão há 11 anos, o zagueiro já treinava no CT do Caju desde o mês passado e ainda aguardava uma posição da diretoria atleticana para saber se seria emprestado ou seguiria no elenco profissional. Nesta segunda-feira, o atleta treinou com os companheiros em trabalho comando pelo técnico Paulo Autuori.

No elenco, Wanderson terá a concorrência de Christián Vilches, Cleberson, Léo Pereira, Paulo André e Thiago Heleno. A sua permanência para as disputas da Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro foi um pedido do treinador.

- Tenho que agarrar esta oportunidade com todas as forças e fazer um grande trabalho. É o desafio que todo atleta gosta de ter na carreira. Vou respeitar todos os atletas que estão aqui. O Clube tem zagueiros de ótima qualidade, mas vou trabalhar diariamente para ganhar o meu espaço. O Paulo (Autuori) fará sempre o melhor para o Atlético-PR - comentou o jogador, que assinou contrato em abril. 

Jadson
Jadson foi destaque no título estadual de 2016. (Gustavo Oliveira/Atlético-PR)

Se a comissão técnica ganha um reforço para a zaga, outra notícia preocupa: a saída de um titular absoluto. Com contrato até 30 de junho, Jadson interessava à cúpula rubro-negra, mas a direção não renovará o vínculo com a Udinese-ITA.

Atlético-PR e o empresário Allan Espinosa conversavam desde março para tentar manter o meio-campista no Furacão. O time italiano, entretanto, só aceitava inicialmente negociar mediante a uma possível venda.

Com o andamento das conversas, o acordo de prorrogação ficou muito próximo e a desistência atleticana pegou o agente de surpresa. A nova posição de encerrar as tratativas pela permanência foi feita por Mario Celso Petraglia, presidente do Conselho Deliberativo.

Jadson, que chegou em abril do ano passado, teve poucas chances em 2015 e não conseguiu se firmar no time titular. Nesta temporada foi diferente. Autuori acreditou no volante, que acertou o meio-campo ao lado de Otávio e foi importante para a conquista do Estadual. O time paranaense já busca um substituto no mercado.