Lucas Fernandes - Atlético-PR

Fator casa é a principal aposta do Lucas Fernandes para o Furacão buscar a vaga no G-4. (Divulgação/ Atlético-PR)

Daniel Piva
28/09/2016
09:38
Curitiba (PR)

Um dos destaques do Atlético-PR na vitória sobre a Ponte Preta, o atacante Lucas Fernandes aposta que o Furacão conseguirá uma vaga para a Libertadores da América. Para o jogador, o que pode comprovar isso é o próximo duelo, contra o Santos, na Vila Belmiro. O Peixe é um concorrente direto e o desempenho como visitante é que tem sido a grande dificuldade do time atleticano neste Campeonato Brasileiro.

Para se ter ideia, o Atlético-PR é o quarto pior visitante da competição, com apenas duas vitórias, um empate e dez derrotas, aproveitamento de 17,9%. A chance de mudar isso já há na próxima rodada, mas o compromisso é duro: o Santos, quarto colocado da Série A e quinto melhor mandante da competição.

- Acredito que teremos contra o Santos uma postura bem diferente, faremos um jogo competitivo, que é a nossa principal proposta para surpreendê-los. Se conseguirmos isso vamos seguir firme na busca pelo G-4 - aposta Lucas Fernandes, em entrevista exclusiva ao LANCE!.

A confiança é grande por conta do desempenho em casa. Se como visitante o time decepciona, dentro da Arena da Baixada o rendimento é muito bom. O Atlético-PR é o melhor mandante do Campeonato Brasileiro, com 11 vitórias, dois empates e apenas uma derrota, aproveitamento de 83,3%. Para Lucas Fernandes, um dos diferenciais é sim a grama sintética.

- Quando eu cheguei no clube, em julho, eu tinha essa curiosidade de como seria jogar na grama sintética. Tive um pouco de dificuldade no início, mas já estou adaptado e é uma situação favorável ao nosso time, já que as outras equipes têm mais problemas. A bola fica mais rápida, demora para pegar a medida do passe - aponta Lucas Fernandes.

Não à toa, os melhores momentos dele, com a camisa do Atlético-PR, foram na Arena da Baixada.

- Acredito que foram contra o Corinthians, em que dei a assistência para o Walter, e contra a Ponte, que eu tive a felicidade de participar dos três gols. Cito também o jogo contra o Atlético-MG, no Independência. Perdemos, mas jogamos bem e eu criei boas oportunidades. Mas os melhores jogos mesmo foram diante do Corinthians e da Ponte - acredita.

Devido a alguns bons jogos, Lucas Fernandes vai aos poucos se firmando no Atlético-PR. Após chegar uma certa desconfiança, pois não era titular do Avaí, o atleta tem recebido boas oportunidades do técnico Paulo Autuori: já disputou dez jogos, mas ainda não marcou um gol.

- O gol vai sair na hora certa. Contra a Ponte acertei a trave. O mais importante é ajudar a equipe. Desde que eu acertei com o Atlético-PR sabia que eu era uma aposta no clube, mas sempre confiei no meu trabalho. Vim para ajudar e felizmente as coisas estão acontecendo - declara.

Com vínculo até dezembro, o jogador tem futuro incerto. Se o empréstimo não for prorrogado, Lucas Fernandes deve se reapresentar ao Fluminense, com quem tem contrato até o fim de 2018.

- Eu faço o meu trabalho, vou buscar seguir jogando bem. O meu foco é jogar futebol. O futuro cabe aos dirigentes e meus empresários - garante o atleta.