jogadores Atlético-PR

Sete titulares do Furacão sequer viajaram para o duelo fora de casa. (Giuliano Gomes/PR PRESS)

Guilherme Moreira
10/05/2016
20:42
Curitiba (PR)

De "ressaca" da conquista do Campeonato Paranaense, no último domingo, o Atlético-PR decidiu não utilizar o time titular diante do Dom Bosco-MT nesta quarta-feira, às 21h30, em Cuiabá-MT. O duelo é válido pela partida de ida da segunda fase da Copa do Brasil.

O técnico Paulo Autuori, que promoveu um rodízio entre o Estadual e Primeira Liga, preferiu poupar os principais jogadores no duelo de mata-mata. O comandante rubro-negro, após o título, admitiu que ainda precisa ver melhor o rendimentos de atletas "pouco utilizados".

Da equipe que começou o jogo contra o Coritiba, na finalíssima do final de semana, apenas o goleiro Weverton e o meia-atacante Ewandro começam jogando. O ala Léo e volante Otávio ficarão no banco de reservas. Os zagueiros Paulo André e Thiago Heleno, o lateral-esquerdo Sidcley, o volante Jadson, o meia-atacante Nikão e os atacantes Pablo e Walter sequer viajaram.

- Junto com toda a comissão técnica, parte de fisiologia e departamento médico, antes do jogo, já tínhamos feito uma análise. E alguns jogadores tinham que dar uma parada porque, neste calendário, em uma semana, vamos disputar três competições diferentes - justificou o treinador. 

Mesmo com nove reservas, o Furacão pretende fazer o resultado e eliminar o confronto da volta. Se vencer por dois gols de diferença, fora de casa, o clube paranaense avança de fase sem a necessidade de atuar na Arena da Baixada.

- Eu tenho, desde sempre, trabalhado com a ideia de ter um grupo homogêneo em termos competitivos e acho que estamos neste caminho. Não tem nenhuma dificuldade hoje em colocar qualquer jogador para jogar. Todos eles sabem exatamente aquilo que têm que fazer, respeitando as características deles - completou Autuori, confiando no desempenho do time escalado.

O Atlético-PR vai a campo com: Weverton; Eduardo, Cleberson, Christián Vilches e Pará; Deivid, Hernani e Vinícius; Marcos Guilherme, Ewandro e André Lima.