Juan

Juan fez 43 jogos e marcou nove gols pelo Coxa. (Divulgação/Coritiba)

Guilherme Moreira
19/07/2016
20:00
Curitiba (PR)

Os xingamentos de Juan para o técnico Pachequinho na derrota para o Atlético-MG na segunda-feira, no Independência, devem custar caro ao jogador. O clube, nas próximas horas, anunciará a punição em seu site oficial e a probabilidade é de não atuar mais pelo Coritiba.

Aos 33 minutos do segundo tempo, três minutos depois de Carlinhos empatar o duelo, o treinador sacou o camisa 55 para a entrada do estreante Bernardo. O meia, assim como na partida contra o Botafogo, na rodada anterior, no Couto Pereira, não gostou.

Mas, dessa vez, o meio-campista gesticulou com os braços socando o ar enquanto saía do gramado e discutiu com o comandante coxa-branca no banco de reservas. Pouco depois, com 39 minutos, Robinho marcou o gol da vitória do Galo. 

Pachequinho, após o confronto, minimizou o problema e disse que a diretoria decidiria sobre o caso. O gerente de futebol, Alex Brasil, criticou Juan e prometeu tomar providência, alegando que era uma falta de respeito com o técnico e os companheiros de elenco.

Nesta terça, no final da tarde, a direção alviverde (G-5 e departamento de futebol) se reuniu e a ideia é dar uma punição exemplar. Enquanto alguns defendem o afastamento do meio-campista do grupo, treinando com as categorias de base em separado, outros optam pela dispensa imediata do jogador - aqui, entretanto, tem o problema da multa rescisória pela quebra do acordo. Há a possibilidade de rescisão amigável.

Contratado em julho do ano passado, a princípio para atuar de lateral-esquerdo, Juan se encontrou no Coxa jogando no meio-campo e é titular absoluto na posição. Seu vínculo no Alto da Glória vai até 31 de dezembro deste ano.

Oficialmente, o Coritiba afirma que vai se pronunciar somente pelo veículo oficial. A informação deve sair, no máximo, até quarta-feira. A forte tendência é de que Juan não vista mais a camisa do Verdão.

Volta atrás

Depois de uma reflexão entre os dirigentes e até pela repercussão negativa de uma rescisão, a diretoria alviverde voltou atrás em sua decisão inicial. O clube vai aceitar o pedido de desculpas de Juan, que deve falar em uma coletiva de imprensa nesta quarta. Internamente, por outro lado, o jogador será punido.