Marcelo Martelotte

Contratado em junho, Martelotte teve aproveitamento de 37%. (Divulgação/Paraná)

Guilherme Moreira
25/09/2016
17:41
Curitiba (PR)

Marcelo Martelotte não é mais técnico do Paraná. O treinador não resistiu à derrota para o Náutico por 2 a 1, no último sábado, na Vila Capanema, pela vigésima sétima rodada da Série B e foi demitido. Quem também se desliga do Tricolor é o auxiliar-técnico Antônio Carlos Júnior.

Com aproveitamento de apenas 37%, o treinador se esquivou de falar sobre uma possível demissão após o jogo do final de semana, mas admitiu que não estava confortável com atual situação na tabela. Era o terceiro revés consecutivo. Sob seu comando, o time paranaense teve cinco vitórias, cinco empates e oito derrotas. Ele foi contratado no meio de junho, estreando na décima rodada.

Curiosamente, o Tricolor demite seu comandante após um revés contra o mesmo adversário. No primeiro turno, a equipe paranista foi derrotada por 5 a 1, na Arena Pernambuco, e Claudinei Oliveira também acabou saindo no dia seguinte. Atualmente, ele está no Avaí e luta pelo G-4.

Para a vaga de Martelotte, o Paraná já tem seu nome preferido. Como Dado Cavalcanti, cogitado durante a primeira demissão no torneio voltou ao Paysandu, o Lance! apurou que Léo Condé é quem deve assumir o cargo. O técnico de 38 anos treinou o Bragantino e o Goiás nesta temporada.

Quem corre por fora e agrada nos bastidores é Itamar Schülle, campeão paranaense pelo Operário em 2015 - ele já chegou a ser cogitado na transição do ano passado para 2016. Vinícius Eutrópio também está na lista. Existe, ainda, uma remota possibilidade do auxiliar-técnico Fernando Miguel terminar o torneio, assim como fez no Brasileiro do ano passado.

O Tricolor está na décima quarta posição do Campeonato Brasileiro, com 33 pontos, apenas seis à frente do Bragantino, primeiro da zona do rebaixamento, que ainda complementa a rodada. O clube paranaense tem dois jogos fora de casa pela frente: o Goiás, na próxima quinta-feira, no Serra Dourada, e a Luverdense, no dia 4 de outubro, em Lucas do Rio Verde.