torcida Paraná

Torcida paranista, que viu o Tricolor lutar pelo acesso só em 2013, sonha em voltar a Série A. (Giuliano Gomes/PR PRESS)

Guilherme Moreira
25/04/2016
07:00
Curitiba (PR)

A eliminação na semifinal do Campeonato Paranaense não desanimou o Paraná. Com o discurso de ter cumprido o papel na competição, o Tricolor espera manter a base e fazer uma boa Série B, lutando pelo acesso.

Após perder o jogo de ida por 2 a 1, na Arena da Baixada, o time paranista venceu o Atlético-PR por 1 a 0 na Vila Capanema. Na decisão de pênaltis, entretanto, o Furacão levou a melhor e ganhou por 4 a 2.

- Fizemos uma boa partida. Pênalti é competência, mas um pouco de loteria. A gente queria estar na final. Parabéns pro Atlético-PR, mas vamos buscar coisas grandes nesta temporada - prometeu Jean.

O técnico Claudinei Oliveira voltou a frisar o discurso de que o Paraná tem o acesso à Série A como objetivo. Mesmo assim, o treinador acredita que o clube voltou a conseguir ser respeitado no Estadual - o Tricolor não disputava uma semifinal desde 2008. 

- Cumprimos o que foi pedido. Honramos a tradição do Paraná. O objetivo era ter uma base, a diretoria está trabalhando por reforços e sabemos o que precisamos para a Série B. Com esse grupo, eu já iria tranquilo por serem comprometidos e competitivos, mas vamos ficar encorpados com mais jogadores - acredita o comandante.

Já o diretor de futebol, Durval Lara Ribeiro, adiantou que a direção tem seis atletas contratados para a sequência da temporada. Do Paranaense, o time já trouxe o lateral-direito Diego Tavares e o meio-campista Murilo, ambos do Toledo.

- Cumprimos o planejamento à risca e já temos seis atletas contratados, fora os dois que já contratamos. Não adianta gastar com jogadores que não servem. A torcida pode ter certeza que não vamos errar nos nomes - afirmou Vavá após a eliminação, dizendo que o anúncio oficial acontece durante a semana.

A ideia é apresentar os contratados na terça-feira, no CT Racco. A reportagem do LANCE! apurou que os zagueiros João Paulo e Pitty, do São Bento, estão apalavrados - assim como o meia Tomás, do J. Malucelli. Esse último, entretanto, também tem proposta do Ceará.

- O Paraná vai ter um dos melhores elenco da Série B - garantiu Vavá, em declaração feita há duas semanas.