jogadores Paraná

Paraná criou bastante, mas perdeu muitas chances e só resolveu no final. (Giuliano Gomes/PR PRESS)

Guilherme Moreira
21/04/2016
21:12
Curitiba (PR

Com vitória dramática, o Paraná ganhou do Estanciano-SE por 2 a 0 nesta quinta-feira, na Vila Capanema, e avançou para a segunda fase da Copa do Brasil aós empatar por 1 a 1 na ida. O jogo ficou marcado para o atacante Lúcio Flávio, artilheiro na temporada que perdeu duas penalidades - uma em cada tempo. Jean, no final, perdeu o terceiro.

Aos 3, Válber chutou colocado da entrada da área e a bola explodiu na trave direita. No minuto seguinte, Válber tocou para Lúcio Flávio que, também na entrada da área, soltou uma bomba por cima.

Chamando a responsabilidade, o meio-campista abriu o placar aos 16. O atleta recebeu de Robson na ponta da área, do lado direito, cortou para a esquerda e chutou cruzado no canto do arqueiro adversário. 1x0.

Com 22, Lúcio Flávio perdeu boa chance. Válber cobrou escanteio na segunda trave e o camisa 9, sozinho, cabeceou para fora. Um minuto depois, Robson roubou a bola do zagueiro e foi derrubado na área. Na cobrança, Lúcio Flávio bateu fraco e Jerfesson pegou.

O Estanciano-Se só foi assustar aos 28, com Clóves arriscando de fora da área e Marcos espalmando, em um chute cruzado bastante perigoso. No final, o Tricolor ainda teve mais duas chances de ampliar.

Aos 43, Jean bateu forte da entrada da área e o arqueiro fez a defesa em dois tempos. Já com 44, Nei fez boa jogada na direita e cruzou na medida para Lúcio Flávio, sem marcação, dar de peixinho por cima do travessão. No último minuto, o time sergipano quase empatou. Elton cobrou falta com prescisão e a bola bateu na trave.

Assim como na primeira etapa, o Paraná entrou no segundo tempo abusando de perder gol. Com 8, Rafael Carioca tocou para Robson, que devolveu para o lateral cara a cara com o goleiro, mas o chute fraco na marca do pênalti e em cima evitou o segundo.

Do mesmo jeito que criava, a zaga paranista dava brechas para o adversário. Com 21, em falta cobrada da esquerda, a bola passou por todo mundo e, depois de um bate e rebate, Warlei chutou em cima de Jean, que estava deitado na frente de Marcos.

Aos 26, Jean fez grande jogada pela direita, arracando e passando por dois defensores. O terceiro tentou tirar a bola e o volante caiu, cavando outro pênalti. Mas Lúcio Flávio, de cavadinha, acertou a trave e perdeu mais uma penalidade no jogo.

Com 39, nova bola no travessão. Jean, na corrida, mandou uma bomba de fora da área e parou na trave. Na sequência, mais um penâlti. Diego Tavares arrancou sozinho e foi derrubado na hora da finalização. Lúcio Flávio foi para a bola, mas o técnico Claudinei Oliveira ordenou que não batasse. Aos 45, Jean bateu e o goleiro defendeu, mas o jogador converteu no rebote. 2x0.

Com o triunfo, o Paraná passou para a segunda fase da competição nacional. O próximo adversário paranista é a Chapecoense, na Série A desde 2014.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 2X0 ESTANCIANO-SE


Local: Vila Capanema, em Curitiba (PR)
Data-Hora: 21/4/2016 - 19h15 (horário de Brasília)
Árbitro: José Cláudio Rocha Filho (SP)
Assistentes: Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP) e Fabrício Porfírio de Moura (SP)
Público/renda: 4.276 pagantes/ Renda: R$ 56.770,00
Cartões amarelos: Jean, Robson (PRC), Jadson, Emerson, Elton (EST)
Cartões vermelhos: Emerson, Elton, Da Silva (EST)
Gols: Válber (16'/1ºT) (1-0), Jean (45'/2ºT) (2-0)

PARANÁ: Marcos; Nei, Demerson, Alisson e Fernandes (Rafael Carioca); Jean, Anderson Uchôa, Nadson (Murilo Rangel) e Válber; Robson (Diego Tavares) e Lúcio Flávio. Técnico: Claudinei Oliveira.

ESTANCIANO-SE: Jerfesson; Daniel, Emerson, Jadson (Rodrigues) e Fabiano; Elton, Koffi (Da Silva), Gil Paraíba e Clóves; Warlei e Júnior Mandacaru. Técnico: Luiz Juresco.