Paraná x Avaí

Técnico paranista gostou do time diante do Avaí, apesar do 0 a 0. (Divulgação/Paraná)

Daniel Piva
05/07/2016
21:46
Curitiba (PR)

Embora tenha desperdiçado a oportunidade de ingressar no G-4 da Série B, o Paraná não saiu da Vila Capanema com um gosto amargo após o empate por 0 a 0 com o Avaí, na noite desta terça-feira. Para os jogadores paranistas, a postura do time foi muito boa e a prova disso foi a reação dos torcedores, que aplaudiram a equipe mesmo com o placar de igualdade.

- O torcedor viu que a gente buscou o gol a todo momento. Muitas vezes de forma ansiosa, mas o reconhecimento nos dá mais força. Sabemos que temos que melhorar e isso será o nosso combustível - declarou o goleiro Marcos, logo após o empate.

Com o 0 a 0 diante do Avaí, o Paraná chegou a marca de 24 pontos na Série B e completou cinco partidas sem perder: três vitórias e dois empates. O time está a um do seleto grupo que sobe à Série A, mas ainda precisa esperar o complemento da rodada 

- Mais importante do que a colocação é somar pontos. Por isso temos que valorizar esse ponto conquistado hoje - apontou o meia Válber.

Já o técnico Marcelo Martelotte reconheceu que o fato de não entrar no G-4 gerou uma certa frustração, mas que ela foi abafada pela boa partida do time paranista. O comandante viu um duelo de ataque contra defesa nesta noite.

- Apesar da frustração do resultado, a perspectiva futura é positiva. Hoje ficou uma espécie de ataque contra defesa, com o Avaí marcando atrás. Eles tiveram a postura de espera e preencheram bem os espaços - analisou o comandante paranista.

Na próxima rodada, o Tricolor recebe o Paysandu na terça-feira, às 21h30, na Vila Capanema.