Luciano Acosta, 21 anos, chegou ao time argentino com 13 anos

Divulgação/Boca Juniors

Guilherme Moreira
04/02/2016
08:00
Curitiba (PR)

Atento ao mercado, o Coritiba foi atrás de atletas sul-americanos para reforçar o elenco nesta temporada. Embalado pela onda de gringos nos clubes brasileiro, a direção alviverde aguarda dois nomes até a próxima semana.

Luciano Acosta, 21 anos, é considerado fechado pela diretoria coxa-branca e deve chegar no início da próxima semana para realizar exames e assinar contrato. O meio-campista chegou a receber proposta do Olympus, da Argentina, mas preferiu vir ao Brasil. Com estatura baixa, de apenas 1,60 m de altura, o "baixinho" virá por empréstimo até o final do ano, com opção de compra.

Revelação do Boca Juniors-ARG, o jovem jogador se profissionalizou em 2014. No ano passado, o atleta foi emprestado ao Estudiantes de La Plata. Na carreira, em 62 jogos pelo futebol argentino, deu 13 assistências e marcou quatro gols.

Já o segundo nome é Jorge Ortega, 24 anos, atacante paraguaio. Com carência na posição, admitida pelo técnico Gilson Kleina, o Coritiba tem negociações avançadas com o ex-atleta do Sportivo Luqueño.

O jogador ficou conhecido no Estado por ter feito um dos gols que eliminou o rival Atlético-PR na Sul-Americana de 2015 - com direito a chapéu em Vilches e toque por cobertura em cima do goleiro Weverton. Com 1,83 m de altura, Ortega marcou 15 gols na temporada passada, entre o Campeonato Paraguaio e a competição internacional, e viria sem custo ao Coxa até o fim do Campeonato Brasileiro.

A diretoria alviverde espera anunciar ambos na próxima semana. Além de um meia e um atacante, a cúpula também busca um zagueiro e um lateral-esquerdo para fechar o ciclo de reforços para o primeiro semestre.