Vinícius

Motivos que levaram a decisão de afastar o jogador não foram revelados (Divulgação/Atlético-PR)

Daniel Piva
18/08/2016
14:09
Curitiba (PR)

Não será somente Walter que não jogará mais pelo Atlético-PR em 2016. O meia Vinícius também não está mais nos planos da diretoria atleticana. Tanto é que o jogador está afastado do elenco principal e já foi oferecido para o Goiás. Porém, o atleta não demonstra interesse em ir para o clube goiano.

Vinícius foi oferecido ao Goiás na mesma reunião em que as diretorias tratavam da ida do atacante Walter para o clube goiano. O nome agradou aos dirigentes do Esmeraldino, que estão dispostos a contratar também o meio-campista.

Porém, em um primeiro momento, Vinícius não demonstra estar muito animado com a ideia. Nos bastidores comenta-se que o Vasco da Gama também tem interesse no jogador, mas a diretoria atleticana não demonstra empolgação com esta negociação por não ter boa relação com o time carioca. 

Vinícius chegou ao Atlético-PR no fim do ano passado. Foi a primeira contratação do diretoria eleita em dezembro. Embora seja o vice-artilheiro do time na temporada, com seis gols marcados, o atleta vive uma má fase em campo. Além dos problemas técnico e extra-campo, o atleta teve uma desavença com o presidente do Conselho Deliberativo, Mario Celso Petraglia.

- Realmente não sei o motivo. Eu e o Autuori conversamos na segunda-feira. Pelo que eu sei, tanto ele, quanto o Paulo Carneiro (diretor de futebol) fizeram questão que eu ficasse, mas quem manda não quer mais que eu fique e todos sabem quem manda no Atlético-PR. Agora está nas mãos dos meus empresários e eles estão vendo o que vai acontecer - afirmou Vinícius à Tribuna do Paraná.

No último jogo, contra o Palmeiras, Vinícius sequer foi relacionado. O técnico Paulo Autuori resumidamente disse que alguns problemas aconteceram, mas não os revelou. Já o atacante Walter saiu em defesa do companheiro, o definindo como craque. Coincidência ou não, ambos não jogarão mais pelo Furacão em 2016.