Fluminense x Chapecoense (Foto: Celso Pupo/Fotoarena/Lancepress!)

(Foto: Celso Pupo/Fotoarena/Lancepress!)

RADAR/LANCE!
11/11/2015
18:12
São Paulo (SP)

Depois da vitória por 3 a 2 diante o Fluminense no último sábado, a Chapecoense iniciou sua preparação para enfrentar o Internacional (RS), nesta quinta-feira. Válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, a partida acontece às 19h30, na Arena Condá, em Chapecó (SC).

Na 14ª colocação, com 43 pontos, a preocupação do verdão é se manter na elite do futebol brasileiro. Para o zagueiro Neto, a Chape voltou a atuar bem por conta da chegada do treinador Guto Ferreira.

- Com o professor Vinícius fizemos um primeiro turno muito bom, talvez a gente tenha dado uma relaxada. No início do segundo turno o time ficou muito abaixo e essa troca foi em boa hora, porque o Guto chegou e mexeu um pouco com o time. Cobrou muito para que a gente desse uma resposta. Então acho que o ele chegou e somou muito a nossa equipe, acho que deu certo e ele conseguiu resgatar o nosso futebol - disse o jogador em entrevista à Rádio Brasil (SC).


O zagueiro,que tem três gol na competição, também falou sobre sua situação no time catarinense.

- Nesse momento a gente está com dificuldades, porque não é fácil ficar brigando para não ser rebaixado. A cabeça fica muito atribulada, a gente tem que fazer sempre o melhor, todo jogo é uma final, então acho que é fazer o papel aqui primeiro, deixar o time na série A do Brasileiro e depois ver o que eles vão propor aqui também - contou Neto

O atleta de 30 anos ainda e revelou que não há nenhuma proposta oficial por parte do Flamengo e Fluminense.

- Eu como carioca, meus pais são do Rio de Janeiro também, eu gostaria muito de jogar no Rio. Se fosse no Fluminense, evidentemente eu ficaria muito feliz pelo tamanho do clube. Mas, até agora não chegou nada nas minhas mãos - concluiu.