acidente chapecoense

Destroços do avião que levava delegação da Chapecoense (RAUL ARBOLEDA / AFP)

RADAR/LANCE!
29/11/2016
14:02
Porto Alegre (RS)

A tragédia envolvendo a delegação da Chapecoense na madrugadas desta terça-feira entristeceu o mundo do futebol. Diante do ocorrido, diversos clubes prestaram solidariedade à equipe de Santa Catarina. O vice-presidente de futebol do Grêmio, Adalberto Preis, no entanto, foi além e sugeriu que cada clube da Série A do Campeonato Brasileiro empreste um jogador à Chape até que o clube consiga se reestruturar. 

- Em relação ao empréstimo de jogadores, foi uma das primeiras coisas que me ocorreu hoje, em meio aquele turbilhão de notícias, algumas não confirmadas. Falei ao presidente (do Grêmio) Romildo Bolzan, que fizesse essa proposta aos demais clubes da Série A, no sentido de que, para os próximos campeonatos, até que a Chapecoense possa se reconstruir, cada clube possa emprestar um jogador do nível competitivo sem nenhum custo - afirmou o dirigente, em entrevista ao Seleção SporTV, complementando:

- Será uma demonstração não só verbal, mas efetiva de solidariedade com o coirmão atingido por essa tragédia. 

Adalberto Preis também aproveitou para falar sobre o adiamento da decisão da Copa do Brasil, inicialmente marcada para esta quarta-feira, entre Grêmio e Atlético-MG, na Arena, em Porto Alegre. 

- Em relação à final da Copa do Brasil, foi transferida e é compreensível. Ocorreu um motivo de força maior. Eu não tenho a confirmação definitiva, tive a informação de que o jogo estava marcado para quarta-feira da semana que vem. Nós temos que reprogramar, mas essa é uma questão rotineira - explicou

O avião que levava a delegação da Chapecoense para a Colômbia, palco do primeiro jogo da final da Sul-Americana, caiu em Cerro Gordo, que localiza-se cerca de 50km de Medellín. Segundo a polícia de Antioquia, 76 pessoas morreram no local.