RADAR/LANCE!
28/07/2016
14:24
Porto Alegre (RS)

Wendell Lira que recebeu um dos prêmios mais cobiçados do futebol mundial, o Puskás, em 2015, abandonou o futebol profissional para começar um novo sonho, agora no mundo virtual dos games. O ex-atacante lançará seu canal no Youtube e passará a ser jogador profissional de videogame.

- Tenho 27 anos, mas já fiz sete cirurgias, três somente no joelho. Não peço que as pessoa entendam, mas é complicado, são três cirurgias. Acabei optando pelo mundo dos games. Antes de ser jogador de futebol sempre fui apaixonado pelo futebol virtual, hoje está sendo um sonho poder viver disso - disse em coletiva.


A mudança repentina vem de um desejo íntimo, alimentado também pelas desilusões pessoais no futebol:

- Meu maior sonho como atleta era o de marcar meu nome na história do futebol e eu consegui. Sou o que sou hoje graças ao futebol. Hoje posso ter orgulho por tudo que fiz. De uns meses para cá, eu não via mais perspectiva de futuro dentro do esporte.  

Ele revelou alguma mágoa com a diretoria de seu ex-clube, o Vila Nova. Durante o primeiro semestre ele defendeu o clube, mas nunca se firmou entre os titulares.

- Sinceramente achei que voltaria a jogar em alto nível, mas fui pego de surpresa pela diretoria do clube goiano,  quando me disseram que estava fora.

Em seguida, Wendell revelou como apareceu esta nossa possibilidade de um recomeço numa nova área.

- Quando recebi a proposta para criar um canal no Youtube, fiquei animado. Seria positivo para mim financeiramente e pessoalmente porque sempre fui apaixonado por vídeo game - disse. 

Wendell deixou a Goiânia natal para viver na Zona Sul de Porto Alegre. Ali, tem estruturado um estúdio para gravar seus vídeos e duelar no mundo virtual com gamers do mundo todo.

- Estou com a marca WLPSKS e esse será o meu canal. Farei gameplay e entrevistas com jogadores de futebol e de games. Também seguirei disputando campeonatos, como a classificatória online para o Mundial do fim do ano.

Wendell abandona os gramados com o apoio da família e de seu empresário. Um dos fatores que pesaram na decisão final foi a oportunidade de ter mais tempo com a família: 

– A minha família sempre me apoiou em tudo o que fiz. Eles me deram força no início de carreira no futebol, não me deixaram desanimar com as seguidas lesões e compreenderam a minha decisão de encerrar a carreira e começar esse novo projeto. Minha esposa Ludmyla, minha filha Marcela e meu empresário André Castilho são essenciais nas minhas decisões. Devo muito a eles. Agora poderei passar mais tempo com a minha filha.