Gremio x Sao Paulo-Ls

São Paulo-RS: de fadado ao rebaixamento a algoz do Grêmio (Foto: Itamar Aguiar/Agencia Freelancer)

Vinícius Faustini
27/02/2016
07:00
Porto Alegre (RS)

A imponência de Grêmio e Internacional foi posta à prova neste início de Campeonato Gaúcho. Prestes a iniciar a sétima rodada, a competição vê suas duas primeiras colocações ocupadas por São José e Juventude, clubes de menor investimento, e ainda tem no terceiro lugar o São Paulo-RS, que saltou de "azarão" para carrasco do Tricolor gaúcho na última quarta-feira. Enquanto isto, o clássico Gre-Nal corre o risco de acontecer já nas quartas de final.

Certamente, o São Paulo é quem mais chama atenção dos torcedores gaúchos. A equipe de Rio Grande está com 15 pontos (um a mais do que conseguiu em toda a edição do ano anterior, quando esteve à beira de cair para a Divisão de Acesso), e, segundo seu técnico, Hélio Vieira, já almeja voos mais altos para a sequência da competição:

- Entramos no campeonato especulados como um dos candidatos a rebaixados. Só que faltou combinar com a gente, crescemos muito, tivemos autonomia na comissão técnica, e isto nos ajudou muito. Agora, com a vitória sobre o Grêmio, a torcida ficou mais empolgada que o normal e pode nos ajudar muito - afirmou, ao LANCE!.

O São Paulo faz neste sábado o clássico regional com o Brasil de Pelotas, que vive um momento inverso: é um clube de tradição gaúcho, passou por dois acessos nacionais, mas agora luta para não cair no Gauchão. Porém, Hélio Vieira é cauteloso sobre o duelo, às 21h, no Aldo Dalpuzzo:

- A equipe do Brasil tem quatro anos de trabalho, dois acessos nacionais (para a Série C, em 2014, e Série B, em 2015). E um clássico regional é sempre difícil, tem todos os ingredientes para ser difícil.

São José empatou sem gols no adeus de D'Alessandro (Foto: Divulgação)
São José empatou sem gols no adeus de D'Alessandro (Foto: Divulgação)

LÍDER, ZEQUINHA JÁ 'FREOU' INTER E GRÊMIO

O ímpeto do São José no Primeiro Turno já trouxe dissabores para a dupla Gre-Nal: o Colorado não saiu do 0 a 0 no Passo D'Areia, e o Tricolor gaúcho amargou uma derrota por 2 a 0 em plena Arena. Ocupando a liderança com 16 pontos, o clima no Zequinha é de humildade, e de que a luta, que segue no domingo, contra o Aimoré, é primordialmente pela classificação às quartas de final:

- Frisamos que jogaríamos jogo a jogo, pois estamos lutando dia a dia. Temos almejado a classificação, porque faz cinco anos que a equipe não passa do primeiro turno. O merecimento de cada jogo nos colocou coomo líderes do campeonato, mas a dupla Gre-Nal, o Juventude e o Brasil de Pelotas têm condições de vencer, e não podemos relaxar - afirmou, o técnico China Balbino, ao LANCE!.

Juventude x Ypiranga (Foto: Arthur Dellegrave)
Juventude ainda não enfrentou dupla Gre-Nal  (Foto: Arthur Dellegrave)

JUVENTUDE SE PREPARA PARA DUELAR COM INTER

Com os mesmos 16 pontos que o São José (mas perdendo apenas no saldo de gols), o Juventude tem a manutenção de base e a permanência de jogadores como trunfo para se firmar de vez no Gauchão. Em contagem regressiva para enfrentar o Internacional, no domingo, às 17h, no Alfredo Jaconi, o técnico Antônio Carlos Zago diz que a equipe não se intimidará para tentar quebrar a "hegemonia" da dupla:

- É um jogo muito difícil, o Inter vem de uma derrota. Sabemos que nossa folha salarial é muito inferior, e que eles (Grêmio e Inter) crescem no decorrer da competição, mas vamos lutar muito para vencer e nos mantermos na frente - garantiu, ao LANCE!.