Moacir Júnior acredita em triunfo diante do Corinthians (Foto: José Luis Silva / Ag. CA Linense)

Moacir Júnior acredita em triunfo diante do Corinthians (Foto: José Luis Silva / Ag. CA Linense)

Melissa Gargalis
19/03/2016
10:55
São Paulo (SP)

O Linense vem mostrando bravura no Campeonato Paulista. A equipe do interior faz uma campanha positiva com três vitórias, quatro empates e duas derrotas, e ocupa a terceira colocação do Grupo A. Apesar disso, o atual lugar na tabela não é o bastante para o técnico Moacir Júnior. O treinador deixa claro que, nesta temporada, o grande objetivo da equipe de Lins é conseguir a classificação à próxima fase da competição.

- O grande objetivo é primeiro permanecer na elite e o segundo, que é o sonho do presidente, da diretoria, dos atletas e da torcida, seria classificar. Seria algo histórico - disse o técnico, em entrevista ao LANCE!

Para isso, o Linense pode dar um importante passo. Se vencer o Corinthians, neste sábado, às 16h, fora de casa, e o São Bento, segundo do grupo, confirmar o tropeço diante do Mogi Mirim, também no sábado, o Elefante da Noroeste sobe uma posição na tabela. Para o treinador, sua equipe tem condições de atingir tal conquista.

- A gente se preocupou em fazer uma equipe muito competitiva, temos muitos jogadores que disputaram a Série B e A do futebol brasileiro, então é um momento novo para o Linense, porque vem numa crescente, ganhou a Copa Paulista no ano passado e se fez necessário ter critério na montagem do elenco. Nós tivemos esse critério, a equipe está suportando bem a competição e isso vem nos mantendo sempre na briga para estar entre os primeiros que classificam para a segunda etapa - disse.

Para vencer o líder do Grupo D, o Linense terá que contar não só com a eficiência de William Potkker, autor dos dois tentos na vitória diante do Palmeiras, na quarta rodada do Paulistão, e vice-artilheiro do torneio, com sete gols marcados, como também com a força do coletivo.

- Temos um dos artilheiros do campeonato. É muito importante termos uns dos artilheiros, mas a coletividade é o principal fator do nosso time. É a coletividade que está proporcionando ao William Pottker fazer tantos gols - afirmou.

No entanto, a tarefa não será fácil. Frente a melhor defesa do Paulista, com apenas seis gols sofridos, o treinador do Linense e ex-zagueiro do Augsburg, da Alemanha, busca implantar na sua equipe duas das características que adquiriu com os tempos de atleta no velho continente: organização e disciplina.

- O que eu trouxe de lá, realmente, foi a organização. Na Alemanha tem um ditado que diz que a organização é a metade do sucesso. Eu aprendi isso lá, cumprindo os horários, os trabalhos, fracionando bem todos os segmentos envolvendo as pessoas que trabalham no clube. Acredito que essa parte organizacional e disciplinar foi o que eu mais aprendi e é o que eu procuro usar nos meus trabalhos aqui no Brasil e no Linense também - finalizou.

Os dois times que apresentarem a melhor campanha de cada grupo passam à próxima fase do Paulista. Na classificação geral, o Linense é o 10º colocado.