Edílson - Grêmio

                                           Edílson em ação durante treino do Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

LANCE!
14/07/2016
16:33
Porto Alegre (RS)

Terceiro colocado no Campeonato Brasileiro, o Grêmio tem a missão de seguir na cola de Palmeiras e Corinthians, mas, naturalmente, projeta terminar a 15ª rodada da competição na liderança, desde que faça a sua parte e os rivais tropecem. Um dos tropeços precisa ser o do líder Palmeiras, que visitará o Internacional. Nesse caso, a torcida tricolor será apenas por um empate, já que do outro lado estará o maior rival. Foi o que garantiu o lateral-direito Edílson.

Bem-humorado, o lateral, que se envolveu em polêmica após o último Gre-Nal, falou sobre a possibilidade de torcer para o "time deles" contra o Palmeiras.

– Não digo torcer para o time deles, mas a gente tem pretensões no campeonato, buscar a liderança nesta rodada, temos possibilidades. A gente tem que pensar primeiro em buscar nossa vitória, muito importante lá para nós, de repente um empate aqui (Porto Alegre) nos dê a liderança, mas são concorrentes diretos, Palmeiras e Corinthians. Temos que torcer contra eles, não a favor dos outros – destacou o camisa 33 gremista, em entrevista coletiva.

Ciente de que Grêmio, sem pensar nos outros jogos, precisará vencer o Sport, Edílson falou sobre o rival de domingo, na Ilha do Retiro. Rival que integra a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, mas precisa ser respeitado.

– O Sport, mesmo não estando tão bem no campeonato, é muito forte na Ilha. Esperamos um jogo muito difícil, mas temos pretensões no campeonato, que é brigar ali em cima. Vamos para lá respeitando a equipe deles, tem o Diego Souza, jogadores que podem decidir. Mas sem pensamento diferente de que não seja conseguir a vitória.

O Grêmio entrará em campo contra o Sport, às 18h30, já ciente dos resultados de Palmeiras e Corinthians, que enfrentarão Internacional e São Paulo, respectivamente, às 16h. O Palmeiras lidera o Brasileirão com 29 pontos, contra 28 do maior rival e 27 do Tricolor.