Grafite - Santa Cruz

                         Grafite foi fundamental na classificação do Santa à final (Foto: Antônio Melcop/Santa Cruz)

LANCE!
27/04/2016
08:20
Recife (PE)

A quarta-feira será decisão no Nordeste. Santa Cruz e Campinense nesta noite, às 21h45 e no Arruda, a decisão da Copa do Nordeste. O Tricolor busca vantagem para o jogo de volta em Campina Grande projetando seu primeiro título. Já a Raposa tenta repetir o feito de 2013, quando foi campeã sobre o ASA. O jogo de volta será na próximo domingo, no Amigão.

A ausência do Santa Cruz estará no banco de reservas: o técnico Milton Mendes. Ele foi expulso na semifinal contra o Bahia após agredir, com uma cabeçada, Eduardo Souza, auxiliar do Tricolor baiano, e cumprirá suspensão automática.

– Os jogadores já têm alguma ideia próxima do que eu desejo. Se mantivermos nossa ideia, nossa luta, o resto entra automaticamente – disse o treinador coral, em coletiva.

E Milton Mendes fez uma aposta com os jornalistas presentes na coletiva de ontem. Se o Arruda receber mais de 45 mil torcedores, ele pagará um churrasco para os profissionais.

A tendência é que o Santa inicie o jogo com a seguinte escalação: Tiago Cardoso; Vítor, Neris, Danny Morais e Tiago Costa; Uillian Correia, Leandrinho e Lelê; Arthur, Keno e Grafite.

CAMPINENSE: ARTILHEIRO GARANTIDO E CUIDADO COM ATAQUE RIVAL 

Francisco Diá - Campinense
     Diá comanda o finalista da Copa do Nordeste e semifinalista do                                 Paraibano (Foto: Divulgação/Campinense)

Já no Campinense, a dúvida está na zaga: Joécio se recupera de dores no joelho direito. Quem está garantido como titular na Raposa é o atacante Rodrigão, artilheiro do futebol brasileiro na temporada, com 16 gols. Ele é, com oito, o goleador da Copa do Nordeste.

– Grafite, por exemplo, é um artilheiro nato, matador, que a gente precisa neutralizar de todo jeito. Nossa equipe também demonstrou qualidade e não por menos chegamos até essa final. Mas para sermos campeões, precisamos ter atenção especial com o ataque do Santa Cruz – destacou o zagueiro Thiago Sala.

Francisco Diá deverá escalar a seguinte equipe no Campinense: Glédson, Negretti, Joécio, Tiago Sala e Danilo; Fernando Pires, Magno, Filipe Ramon e Roger Gaúcho; Raul e Rodrigão.