Flamengo x Fluminense

Juan lembrou que o desgaste mental também prejudicou os jogadores (Foto: Mauro Horita Agencia Lancepress!)

LANCE!
20/03/2016
18:25
São Paulo (SP)

A maratona de jogos e viagens do Flamengo nesta temporada deu o tom na entrevista dos jogadores após o empate no clássico contra o Fluminense em 0 a 0, neste domingo, no Pacaembu. Logo após a partida, os jogadores valorizaram a entrega em campo, mas ressaltaram o desgaste físico. O meia Ederson, que novamente foi titular, elogiou o crescimento no segundo tempo e mostrou que, diante de todo o cenário, o empate não foi tão ruim para o Rubro-Negro:

- O time deu tudo. Procurou jogar de forma inteligente. A gente vem de uma maratona de jogos e a viagem desgaste muito. Impossível chegar com tanta força. No segundo tempo atacamos mais, tentamos o gol e não saiu. O empate está de bom tamanho e vamos trabalhar mais para os gols saírem.

Um dos mais experientes do elenco, o zagueiro Juan também baseou o discurso na sequência de viagens do Flamengo que, sem estádio para jogar no Rio de Janeiro, viaja pelo interior e em outros estados. O zagueiro citou que tudo isso causa até um desgaste mental para a equipe em campo.

- Estamos em uma maratona de jogos desgastantes e, às vezes, falta concentração para caprichar e até o desgaste mental conta bastante. Mas tudo bem, agora é focar na quarta-feira, que temos a semifinal da Primeira Liga pra jogar - disse o zagueiro Juan, logo após a partida no Pacaembu.

O Flamengo retorna ao Rio de Janeiro ainda neste domingo e já treina na tarde desta segunda-feira, no Ninho do Urubu. Afinal, na quarta-feira já tem mais uma viagem pela frente: Juiz de Fora, em Minas Gerais, palco da partida contra o Atlético-PR, válida pela semifinal da Primeira Liga.