Ricardo Gomes conversa com Jorginho e Zinho (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Ricardo Gomes ficou feliz com a recepção em São Januário  (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

LANCE!
28/02/2016
21:46
Rio de Janeiro (RJ)

Riascos e Emerson (que patada!) foram importantes, sim. Afinal, foram eles que balançaram as redes no clássico entre Vasco e Botafogo. Mas o duelo deste domingo será lembrado por um outro fato. Algo marcante, que transformou o técnico Ricardo Gomes no personagem da partida: a homenagem histórica feita pela torcida vascaína.

Para quem não se lembra, Ricardo Gomes foi o técnico daquele time do Vasco em 2011, um dos últimos a dar alegrias efetivas à torcida (título importante), sendo campeão da Copa do Brasil. Foi também no banco de reservas do Vasco que o treinador viveu o momento mais dramático da vida, sofrendo um AVC durante um clássico contra o Flamengo.


E os vascaínos não se esqueceram de tudo o que Ricardo passou no clube. Por conta disso, o treinador foi alvo de uma ovação logo após o fim do primeiro tempo. O técnico teve o nome gritado durante todo o trajeto de uma ponta a outra do campo. E a torcida ainda relembrou o refrão que fez sucesso naquele ano de 2011: "Uh, vai pra cima. É o trem-bala da Colina".

Depois do jogo e a confirmação do empate, Ricardo fez questão de retribuir o carinho.

- Vou me emocionar porque trabalhei no Vasco. O time brigou na Copa do Brasil, ganhamos. Brigamos no Brasileiro e na Libertadores. Esse reconhecimento da torcida do Vasco... Eu vou fazer o reconhecimento (movimento de mãos para frente, em reverência). Agradeço e faço a reverência (movimento novamente) à torcida do Vasco. Eles me apoiaram em um momento difícil, não só eles, mas eu só tenho a agradecer - afirmou o treinador.