William disputa bola com Miller Bolaños durante o Gre-Nal 409 (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

William disputa bola com Miller Bolaños durante o Gre-Nal 409 (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

LANCE!
16/04/2016
16:01
Porto Alegre (RS)

Após o TJD-RS indeferir o recurso do São José-RS, mantendo o efeito suspensivo e liberando o jogador William, do Internacional, para a partida contra o São José, neste sábado, o STJD aceitou o recurso do Grêmio, o que coloca o lateral-direito novamente sem condições de disputar o jogo de ida da semifinal.

Agora, William cumprirá o terceiro dos seis jogos da punição pela cotovelada em William, do Grêmio, no clássico contra o rival no dia 6 de março.

O Tricolor Gaúcho entrou com o recurso no STJD na sexta-feira, após o TJD-RS anunciar a decisão do efeito suspensivo concedido a William na noite de quinta-feira. Ainda na sexta-feira, o São José entrou com um recurso no TJD-RS, que foi indeferido pelo Tribunal do Rio Grande do Sul.

Segundo informações do diário "Zero Hora', o Internacional alegou que ainda não foi informado da decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

À publicação gaúcha, o diretor jurídico do Grêmio, Nestor Hein, comentou a última decisão do STJD e a posição tomada pelo Internacional.

O Gre-Nal disputado nos tribunais parece estar longe de um fim.

- Parece que a coisa vai longe ainda. O Inter alega não ter sido comunicado, é? Então, tomara que escale o William. Estamos sempre atentos. Não nos causa nenhuma eurforia isso, mas esse caso está longe do fim. Foi uma decisão equilibrada, a do STJD. No julgamento do William, não houve demonização do jogador. Bolaños ficará 15 jogos fora. William, só seis — disse Hein ao "Zero Hora".

No entanto, o Internacional deixou o lateral-direito William fora do jogo de logo mais. No Beira-Rio, o Colorado enfrenta o São José a partir das 16h20, pela ida da semifinal do Campeonato Gaúcho. Fabinho está escalado na lateral-direita.