Adriano Nova Iguaçu

Adriano estreou pelo Nova Iguaçu com gol em partida da Série B do Carioca (Foto: Bernardo Gleizer/NIFC)

RADAR/LANCE!
04/04/2016
16:59
Nova Iguaçu (RJ)

O Nova Iguaçu vem fazendo uma grande campanha na Série B do Campeonato Carioca, mas nem por isso está deixando de fortalecer seu elenco. Na vitória de sábado sobre o Itaboraí, única equipe que ainda estava invicta na competição, a Laranja da Baixada teve uma novidade: o atacante Adriano, de 34 anos, que começou de titular com a camisa 99 e deixou sua marca, abrindo o placar.

Adriano tem um currículo recheado de títulos e conquistas individuais. Foi campeão da Copa Sul-Americana pelo Internacional em 2008 e campeão da Série B do Campeonato Brasileiro pelo Vasco no ano seguinte. Além disso, tem uma caminhada vitoriosa no exterior, tendo sido artilheiro no Japão, vestindo as camisas do Cerezo Osaka e do Gamba Osaka, e no Qatar, por El Jaish e Qatar SC.
 
O atacante também jogou o Campeonato Espanhol pelo Málaga e seu último clube foi o Fortaleza, no ano passado, quando retornou ao Brasil após um ano no Japão. Este ano, Adriano passou a treinar no Nova Iguaçu para manter a forma física e, abraçado pelo grupo e satisfeito com o ambiente encontrado, topou o desafio de ajudar o clube na missão de voltar à Primeira Divisão do Campeonato Carioca.

- Sem dúvida o ambiente foi o que mais pesou para eu tomar a decisão de jogar. É um ambiente muito saudável, me senti muito bem e o pessoal me recebeu muito bem aqui. Conquistei muitas coisas e não é demérito para ninguém jogar uma Segunda Divisão pelo Nova Iguaçu. Pelo contrário, quero trabalhar para colocar o Nova Iguaçu na Primeira Divisão. Um clube com uma estrutura dessas tem que estar na Série A. Ainda tenho objetivos na minha vida, e vou continuar trabalhando aqui, ajudando da melhor forma possível para que no final todos sejamos coroados com o acesso - disse.

Adriano estreou no último sábado e abriu o placar no primeiro tempo, num lance de oportunismo após uma falha do goleiro adversário, na vitória sobre o Itaboraí por 2 a 1 no Laranjão. Jogador de muita força física e acostumado a fazer gols, ele vibrou muito com o feito logo em seu primeiro jogo com a camisa do Nova Iguaçu.

- Foi um momento muito especial, fico feliz de ajudar a equipe. E fiquei muito contente também por estar retribuindo o que o Jânio (Moraes, presidente) e o Jorge Moraes fizeram por mim, foram duas pessoas que me ajudaram muito no começo da minha carreira. Estou muito feliz de estar aqui - comemorou Adriano.

Sempre acostumado a vestir a camisa 9, Adriano teve de usar a 99 no sábado, já que o número está com o também atacante Schwenck, artilheiro da Série B até aqui com sete gols. Ele acredita que a dupla de ataque com o centroavante, de 37 anos, tem tudo para dar certo e agregar experiência a um grupo composto em sua maioria por atletas formados nas categorias de base do clube

- Tanto eu quanto o Schwenck tivemos carreiras vitoriosas e estamos aqui no Nova Iguaçu. Ele é um cara muito inteligente, que merece todo o respeito e que está nos ajudando bastante. O Schwenck ainda tem muito a dar no futebol, ele dispensa comentários. Tivemos muito pouco tempo, foi apenas o nosso primeiro jogo juntos, mas procuramos conversar no dia a dia para nos entrosar da forma mais rápida possível e o Nova Iguaçu sair ganhando. Mas independente do Adriano, do Schwrnck, o mais importante é o Nova Iguaçu conquiste o acesso à Primeira Divisão - finalizou.