David Nascimento
01/05/2016
18:04
Rio de Janeiro (RJ)

Fechado neste ano por conta de ajustes para a Olimpíada, o Maracanã, templo do futebol mundial, reabriu na tarde deste domingo para a decisão do Campeonato Carioca. Em uma atmosfera de arrepiar, Botafogo e Vasco fizeram os primeiros 90 minutos no duelo pelo caneco. O Cruz-Maltino venceu por 1 a 0, ampliou sua invencibilidade para 24 jogos e ganhou a vantagem do empate para os últimos 90 minutos da final do próximo domingo, também no Maraca.


Enganou-se, porém, quem achou que o Vasco teria facilidade por conta da histórica invencibilidade de seis meses que está vivendo. O Botafogo, armado pelo técnico Ricardo Gomes, esteve melhor boa parte do jogo. No primeiro tempo, os atletas de Jorginho tiveram dificuldades para superar a marcação, mesmo explorando as laterais com Madson e Julio Cesar. Até o intervalo, foi da equipe de General Severiano a melhor chance, aos 36, em chute com efeito de Bruno Silva.

Na volta para o segundo tempo, o Vasco recuperou o bom futebol visto ao longo da temporada. Logo aos sete minutos, Riascos conseguiu avançar bem pela direita, achou Julio dos Santos que cruzou para Nenê finalizar com perigo. A bola tirou tinta da trave esquerda de Jefferson. No minuto seguinte, o Botafogo respondeu em chute cruzado de Ribamar.

A movimentação tinha melhorado bastante. Nas arquibancadas, ao mesmo tempo, os torcedores faziam a sua parte. E aos 15 minutos da etapa final a torcida do Vasco foi quem explodiu de felicidade. Após cruzamento de Nenê, Jefferson acabou saindo mal da meta do Botafogo e abriu espaço para Jorge Henrique estufar as redes, de cabeça.

Atrás do placar, o Botafogo foi para cima. Sassá entrou no lugar de Leandrinho aos 19 para dar novo gás ao time, mas destoou do clima de paz e foi merecidamente expulso aos 24, após entrada em Jorge Henrique.


Mesmo com o Vasco jogando com um atleta a mais, Martin Silva precisou salvar o Cruz-Maltino em chute de Ribamar aos 38 e selou o triunfo. O templo do futebol espera agora a última parte da final do Carioca.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 1 VASCO


Local:  Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data-hora: 1/5/2016, às 16h
Árbitro: Wagner Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ)
Renda/Público: 37.207 pagantes/43.822 presentes/R$ 1.840.370,00
Cartões amarelos: Gegê, Fernandes e Neilton (BOT); Marcelo Mattos, Luan, Rodrigo, Riascos e Julio Cesar (VAS)
Cartão vermelho: Sassá (24'/2ºT)

Gol: Jorge Henrique (0-1, 15'/2ºT)

BOTAFOGO: Jefferson; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Rodrigo Lindoso, Leandrinho (Sassá, 19'/2ºT), Bruno Silva, Gegê (Fernandes, 28'/2ºT) e Salgueiro (Neliton, 35'/2ºT); Ribamar - Técnico: Ricardo Gomes.

VASCO: Martin Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos (Diguinho, 38'/2ºT), Julio dos Santos (Yago Pikachu, 20'/2ºT), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique (Eder Luis, 33'/2ºT) e Riascos - Técnico: Jorginho.