Sergio Vieira (foto:Mauro Horita)

A passagem de Sérgio Vieira na história do América-MG durou pouco mais de um mês (Foto: Mauro Horita)

RADAR/LANCE!
18/07/2016
13:29
Belo Horizonte (MG)

Com apenas oito pontos em 15 pontos no Campeonato Brasileiro, o América-MG está mergulhado em uma crise que parece não ter fim. Logo após demitir o técnico Sérgio Vieira, Paulo Lasmar, um dos presidentes do América-MG, afirmou que o português foi "boicotado por uma minoria de maus atletas e também por alguns funcionários".

- Tem explicação (o momento ruim). Começa por erros no planejamento, e a culpa é nossa, da diretoria. E pra mim, o Sérgio teve o trabalho dele deliberadamente boicotado por essa minoria de maus atletas e também por alguns funcionários. Eu lamento muito a saída do Sérgio, que é um profissional jovem, sério, que se mostrou competente, interessado em mudar as coisas dentro do CT. Infelizmente para alguns, o Sergio é muito sério e exige dedicação, comprometimento e treinamento - afirmou o dirigente, que complementou:

- Muitos lá não são afeitos ao trabalho, e por isso eu digo: a limpeza tem que ser geral e irrestrita. Porque se isso não acontecer o América não vai conseguir virar essa página negra da sua história - afirmou Lasmar.  

A passagem do primeiro treinador europeu na história do América-MG durou pouco mais de um mês. No Brasileirão, Sérgio Vieira substituiu Givanildo Oliveira, que só durou cinco rodadas no cargo. Com o português, o América fez nove jogos e venceu apenas um, saindo derrotado em todos os outros oito compromissos. 

América MG x Santa Cruz
Derrota para o Santa Cruz, a oitava em nove jogos: último jogo de Vieira no Coelho (Foto: Tomas Cintra/PhotoPress/Lancepress!)

Para o próximo compromisso, diante do Flamengo, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Coelho será comandado interinamente pelo auxiliar-técnico Cláudio Prates.

Reforços à vista

Visando reverter a péssima situação na Série A, o América-MG deve anunciar até cinco reforços ainda esta semana. No entanto, o próximo comandante, que será o terceiro do lube na competição, ainda é uma incógnita. 

- Estamos trazendo jogadores e amanhã (segunda) devem chegar quatro ou cinco reforços. Essa cobrança já está sendo feita. Todo mundo que acompanha o nosso trabalho dentro do América sabe que estamos fazendo isso há quase um mês - revelou o presidente Alencar da Silveira Júnior.