Felippe Rocha
18/06/2016
18:59
Rio de Janeiro (RJ)

Demorou, mas o Vasco voltou a perder em São Januário. Desde 26 de julho do ano passado (4 a 1 para o Palmeiras), a torcida cruz-maltina não saía irritada da Colina. Coube ao Paysandu o feito histórico. Impôs 2 a 0, em dois contra-ataques, neste sábado, e respira na tabela. O time mandante, apesar da derrota, segue líder da Série B.

A partida já começou com Nenê aprontando das suas. Com um minuto de partida, em falta da ponta direita, o meia surpreendeu e cobrou direto. A bola só parou na trave. As propostas eram claras.

O Papão esperava um bom contragolpe, enquanto o Cruz-Maltino ia para cima. Furar o bloqueio paraense estava tão difícil que a outra chance de perigo foi somente aos 21 minutos, em nova cobrança de falta, esta frontal, de Andrezinho. Mesmo com desvio, quase foi gol.

Nos contra-ataques que buscava, o Paysandu quase marcou aos 39 minutos. Leandro Cearense deu uma caneta em Luan, entrou na área, mas chutou para fora da meta.

A tônica do jogo se manteve na segunda etapa. O Vasco pressiova, já com três atacantes, e o Paysandu esperava. Aos oito minutos, Nenê cruzou da direita e Eder Luis cabeceou no contrapé de Emerson. Mas o goleiro conseguiu efetuar boa defesa.

A cada substituição, Jorginho empurrava o Vasco à frente, mas, na mesma medida, O Papão ia ganhando oportunidades. Aos 20 minutos, Leandro Cearense obrigou Martin Silva a fazer boa defesa.

Jorge Henrique e Andrezinho eram volantes, Caio Monteiro e Eder Luis os pontas. Nenê tentava de futo, mas para a bola chegar em Leandrão era um suplício. Nada dava certo.

Até que a armadilha do Papão funcionou. Em contra-ataque pela direita, Edson Ratinho cruzou na medida para Jhonnatan, que testou para o fundo do gol, aos 34 minutos. E o Papão ainda deu o golpe de misericórdia. Novamente com Jhonnatan, que puxou contra-ataque, aos 42 minutos e, num chute prensado, encobriu Martin Silva.

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 X 2 PAYSANDU

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: 18 de junho de 2016, às 16h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira (AL)
Auxiliares: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Pedro Jorge Santos (AL)
Cartões amarelos: Andrezinho, Rodrigo, Leandrão (Vasco) Fernando Lombardi, Rafael Costa (Paysandu)
Cartão vermelho: Não houve.
Gols: Jhonnatan, aos 34 e aos 42 minutos do segundo tempo.

Vasco: Martin Silva, Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos (Eder Luis, Intervalo), William (Caio Monteiro, 22'/2ºT), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Thalles (Leandrão, 11'/2ºT) - Técnico: Jorginho.

Paysandu: Emerson, Edson Ratinho, Fernando Lombardi, Gilvan e Lucas; Ricardo Capanema, Augusto Recife, Jhonnatan e Rafael Costa (Domingues, 27'/2ºT); Fabinho Alves e Leandro Cearense - Técnico: Gilmar Dal Pozzo.