Fellipe Lucena
16/02/2017
21:22
São Paulo (SP)

Foi só o terceiro jogo oficial da temporada, mas parte da torcida do Palmeiras já começou a pressionar Eduardo Baptista. Como resposta, viram Dudu dedicar ao técnico o primeiro gol da vitória por 2 a 0 sobre o São Bernardo, nesta quinta, no Allianz Parque. Jean marcou o outro.

As manifestações de insatisfação começaram a ganhar força no fim da etapa inicial, com gritos puxados pela torcida organizada: "Ô, Eduardo, preste atenção! Essa torcida quer gritar 'é campeão'" e "olê, olê, olê, olá, Cuca, Cuca". A maior parte do estádio reprovou a atitude, mas ninguém gostou da atuação.


O Verdão abusou tanto da ligação direta que um torcedor perdeu a cabeça com o ídolo Fernando Prass e o ofendeu: "Para de dar chutão, filho da p...". Só o que mereceu elogios foi a constante troca de posições na linha de quatro armadores. Róger Guedes, Guerra, Moisés e Dudu se mexiam e abriam espaço, mas o goleiro Daniel não precisou fazer defesas difíceis no primeiro tempo. O goleiro alviverde, por outro lado, salvou duas vezes.

Se o Allianz Parque já estava tomado pela tensão quando o segundo tempo começou, imagine como ficou na hora em que Prass tentou sair jogando pelo chão, acertou Rodolfo e quase tomou um gol bizarro. Um grupo de torcedores atrás do banco levantou para pedir mudanças, de maneira nada carinhosa.

As trocas vieram em dose dupla aos 13 minutos do segundo tempo. Michel Bastos e Raphael Veiga entraram (bem) nas vagas do vaiado Róger Guedes e de Guerra. O Palmeiras enfim passou a jogar bem e o gol virou questão de tempo. Aos 19, Jean recebeu ótimo passe de Moisés, bateu cruzado e encontrou Dudu livre para marcar e diminuir a pressão.

O capitão levantou com a cara fechada, sem festejar, e correu para abraçar o treinador, em claro gesto de reprovação às críticas a ele.

O próprio Dudu sofreu o pênalti que Jean converteu aos 32 minitos, tranquilizando de vez a torcida. Resta saber até onde irá a impaciência com o time campeão brasileiro.

Com seis pontos, o Palmeiras lidera o Grupo B do Paulistão. O São Bernardo, com três, agora segura a lanterna do Grupo A. Ambos voltam a campo no domingo, fora de casa: o Bernô contra o Santo André e o Verdão contra o Linense.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 X 0 SÃO BERNARDO
Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data-Hora: 16/2/2017 - 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: José Claudio Rocha Filho
Auxiliares: Daniel Luis Marques e Evandro de Melo Lima
Público/renda: 23.708 pagantes/R$ 1.238.229,74
Cartões amarelos: Keno e Willian (PAL), Marcinho, Geandro e Vinicius Kiss (SBR)
Cartões vermelhos: -
Gols: Dudu (19'/2ºT) (1-0), Jean (32'/2ºT) (2-0)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Felipe Melo; Róger Guedes (Michel Bastos, aos 14'/2ºT), Guerra (Raphael Veiga, aos 13'/2ºT), Moisés (Keno, aos 25'/2ºT) e Dudu; Willian. Técnico: Eduardo Baptista.

SÃO BERNARDO: Daniel; Eduardo (Marcinho, aos 23'/2ºT), Edimar, Anderson Conceição e Breno; Geandro, Vinicius Kiss e Rafael Costa (Alyson, aos 24'/2ºT); Rodolfo, Walterson (Patrick Vieira, aos 24'/2ºT) e Edno. Técnico: Sergio Vieira.