Técnicos

Galo perde com a saída de Levir (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Daniel Bortoletto
26/11/2015
13:00
Editor-executivo de mídias digitais do LANCE!

A volta de Levir Culpi fez um bem enorme não apenas para o Galo, mas para o futebol brasileiro em geral.

O estilo ofensivo de jogar, característica que a escola pentacampeã vem perdendo nos últimos tempos, é principal legado deixado por ele. Em alguns momentos a forma de jogar do Atlético beirava o irresponsável. Um jeito moleque, capaz de conseguir os milagres vistos na reta final da Copa do Brasil do ano passado.

Bem diferente do estilo "futebol de resultado" ou "futebol garante meu emprego" que alguns professores optam atualmente. Um meio de campo repleto de brucutus e um futebol paupérrimo.

Levir ainda se transformou no personagem das melhores entrevistas pós-jogo dos últimos tempos. Piadista, sem papas na língua, contestador e com posições firmes. Bem diferente da mesmice chata da maioria dos companheiros de profissão.

Perde o Galo com a saída de Levir. Perderá o futebol brasileiro caso ele não acerte com ninguém.

GALERIA ESPECIAL: Relembre as saídas de técnicos durante o Brasileirão