Felipe Gedoz

(Foto: Divulgação/ Atlético-PR)

LANCE!
30/12/2016
12:16
Curitiba (PR)

O Furacão acertou mais uma contratação para a temporada 2017. Após anunciar as chegadas de Grafite e Jonathan, o reforço da vez é Felipe Gedoz, que atua como meia-atacante.

Aos 23 anos, Gedoz nunca atuou profissionalmente no Brasil. O jogador passou pelas categorias de base de clubes gaúchos, mas logo foi vendido para o Defensor do Uruguai. Gedoz também defendeu o Brugge, da Bélgica.

- Para mim é um sonho de criança. Estive muito tempo fora com as experiências no Uruguai e na Bélgica. Então, estou muito feliz em poder voltar ao meu país e espero mostrar meu futebol aqui. Poder realizar esse sonho em um clube com a grandeza do Atlético é especial. Um clube com nível europeu. Estou muito satisfeito e espero dar muitas alegrias ao torcedor.

Apesar de nunca ter atuado em solo brasileiro, Gedoz possui um trunfo na manga essencial para o Furacão no próximo ano: experiência com a Libertadores, já que atuou na competição continental pelo Defensor e coroado vice-artilheiro da edição de 2014.

- Por ser jovem, ter sido o vice-goleador da Libertadores foi algo muito marcante. Voltar a jogá-la é muito gratificante para mim. São jogos muito competitivos e acredito que estou pronto para essa competição. Não é só o sonho do clube, mas sim dos jogadores. Já vivi momentos lindos na Libertadores e sei como é importante. Espero corresponder da melhor maneira possível.

Com passagens pela Seleção Brasileira sub-21 e sub-23, além do futebol internacional, Gedoz resume para o torcedor atleticano suas principais marcas dentro de campo:

- O futebol uruguaio me fez tornar um pouco mais agressivo, com mais pegada. Também me ajudou na parte defensiva. Em campo tenho um bom chute e velocidade. Demonstrei isso na Libertadores, no Brugge e também na Seleção Brasileira. E o torcedor pode contar comigo que estarei pronto para ajudar.