Tomas Bastos festeja ao marcar no clássico entre Flamengo x Botafogo (Foto: Vitor Silva / SSPress.)

Tomas Bastos festeja ao marcar no clássico entre Flamengo x Botafogo, ano passado (Foto: Vitor Silva / SSPress.)

Felippe Rocha e João Matheus Ferreira
02/04/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Um dos clássicos mais tradicionais do Rio de Janeiro, sobretudo para aqueles que viveram nas décadas passadas, Botafogo e Flamengo se reencontram hoje, às 16h, em Juiz de Fora, pela Taça Guanabara, após mais de um ano sem se enfrentarem – 13 meses, precisamente.É o maior hiato do confronto desde a década de 1930, quando ficaram cinco anos sem jogos, entre 1932 e 1937. O site do LANCE! transmite a partida em tempo real.

As duas equipes buscam se aproximar da classificação para a semifinal do Campeonato Carioca. A situação do Botafogo é mais tranquila. Com sete pontos, está na terceira colocação. Já o Flamengo é apenas o sexto, com cinco pontos, e precisa desesperadamente da vitória para entrar ou se manter pelo menos perto dos primeiros. É o que pensa o zagueiro Juan.

- É um jogo muito importante, não só porque é um clássico, mas também por conta da nossa posição na tabela. Perdemos pontos contra pequenos e temos que nos recuperar nos clássicos. Não deu contra o Vasco, mas vamos tentar contra o Botafogo - comentou o flamenguista.

Na última vez que se enfrentaram, em 1 de março do ano passado, o Botafogo levou a melhor: vitória por 1 a 0, gol de Tomás, no Maracanã. Confronto que teve a despedida de Léo Moura em jogos oficiais pelo Fla e também o aniversário de 450 anos do Rio. O técnico Ricardo Gomes, do Botafogo, falou de forma mais analítica sobre o tempo que as equipes não se enfrentam. Para ele, não será problema um não conhecer o outro.

- Nenhum problema. O Vasco tem um time diferente do que era quando os times se enfrentaram ano passado. Não vejo grande significado. O Flamengo está montando seu time também. O clássico, independentemente dos jogadores, é mais forte do que o tempo sem se enfrentarem - comentou.

O intervalo aconteceu porque o Botafogo não disputou a Série A do Campeonato Brasileiro do ano passado e as equipes não se enfrentaram na fase final do Estadual, tampouco na Copa do Brasil. Neste ano, também não se encontraram na primeira fase do Carioca. Ou seja, um prato cheio para matar a saudade de um clássico tão tradicional.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X FLAMENGO


Local: Mário Helênio, em Juiz de Fora (RJ)
Data/Hora: 2/4/2016, às 16h
Árbitro: Luis Antonio Silva dos Santos (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa e Wagner Santos

BOTAFOGO: Jefferson; Luis Ricardo (Diego), Carli, Renan Fonseca e Diogo Barbosa; Airton (Fernandes), Bruno Silva e Rodrigo Lindoso; Salgueiro e Gegê (Nuñez); Ribamar - Técnico: Ricardo Gomes.

FLAMENGO: Paulo Victor; Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Cuéllar; Willian Arão, Ederson, Emerson Sheik e Gabriel (Marcelo Cirino); Guerrero - Técnico: Muricy Ramalho.